Nova portaria pretende tirar cafés adulterados dos supermercados em MG

Medida pretende acabar com fraudes e acrescentar informações mais precisas sobre a qualidade do pó nas embalagens de café. A partir de 2023, os consumidores que forem aos supermercados comprar café deverão ter mais garantias de pureza e encontrarão informações complementares sobre o tipo de grão, ponto de torra e moagem. Essas são algumas das mudanças que surgiram com a nova Portaria SDA 570 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), assinada no dia 10 de maio e publicada no dia seguinte no Diário Oficial da União. Segundo o texto do documento, um padrão oficial de classificação do café

Funcafé libera R$ 225 milhões para bancos cooperativos da região; saiba como ter acesso ao financiamento

Quantia foi liberada para empréstimos a cafeicultores em 5 linhas diferentes. Cinco bancos cooperativos que possuem agências espalhadas pelo Sul de Minas têm cerca de R$ 225 milhões disponíveis para os cafeicultores. A quantia vem do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé). Ao todo, são 33 agentes financeiros em todo o país aptos a negociar os valores do fundo que chega a R$ 6 bilhões. As informações foram fornecidas pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa) conforme balanço realizado até abril de 2022. Existem cinco linhas de crédito específicas: Custeio, Comercialização, Capital de Giro, Recuperação de Cafezais Danificados

Estimativa de colheita de café em Minas Gerais cai quase 20% por causa de problemas climáticos

Expectativa inicial, neste ano, era de que fossem colhidos cerca de 33 milhões de sacas. A nova previsão é de safra de 26 milhões de sacas. A estimativa para colheita de café em Minas Gerais caiu quase 20% devido a problemas climáticos enfrentados pelos produtores nos últimos meses, como geada, seca e também excesso de chuva em algumas regiões. Segundo a Empresa de Assistência Rural de Minas Gerais (Emater), a expectativa inicial, neste ano, era de que fossem colhidos cerca de 33 milhões de sacas. A nova previsão é de uma safra de 26 milhões de sacas. O café é um dos principais geradores de

DE TRÊS PONTAS E DO MUNDO: “Clube da Esquina” é eleito o maior álbum brasileiro de todos os tempos

Trespontano Milton Nascimento liderou o movimento e é o seu principal destaque. O podcast Discoteca Básica lançou, no ano passado, uma enquete a respeito de LPs e CDs referenciais para a história da música popular brasileira. Os primeiros resultados, divulgados nesta segunda-feira (9/5), no primeiro episódio da quarta temporada, apontam o “Clube da esquina” como o maior álbum brasileiro de todos os tempos. A votação, anunciada como a maior e mais abrangente já feita no país, envolveu 162 especialistas de diferentes áreas ligadas à produção musical. Realizada ao longo do segundo semestre de 2021, a votação envolveu jornalistas, como Nelson

ONDE EXISTE A VIDA? – Nilson Lattari

Há uma cena em um dos primeiros filmes de O Planeta dos Macacos, aquele primeiro, em que o personagem encontra no meio do deserto, da então destruída Terra, uma planta que teima em renascer. Às vezes, lembro-me da cena, quando ando pela cidade concretada e vejo uma planta tentando se erguer no meio da calçada, a despeito da passagem dos pedestres. Por outro lado, fui surpreendido, certa vez, com um vídeo no Youtube, em que um cego aparece tocando reggae com uma guitarra improvisada por ele, feita de uma lateral de uma lata, uma extensão com cordas esticadas. Com poucos

CASOS DE COVID VOLTAM A DISPARAR EM TRÊS PONTAS: AUMENTO DE CERCA DE 500% EM UMA SEMANA

No Boletim da semana passada eram 3 casos em isolamento; hoje são 17. Desde o último dia 01º de maio, atendendo a uma sugestão da Secretaria de Estado da Saúde, ligada ao Governo de Minas Gerais, a Prefeitura Municipal de Três Pontas, assim como muitas prefeituras mineiras, aboliu o uso das máscaras de proteção contra o coronavírus em ambientes fechados. Coincidência ou não, dez dias depois os resultados voltam a causar alguma preocupação. No Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, na segunda-feira da semana passada, dia 02, havia 03 pessoas em isolamento domiciliar com a covid-19. E na

EMOÇÃO: CURADA APÓS TRANSPLANTE SOFIA FALA AO CONEXÃO NA GRANDE REPORTAGEM

Trespontana lutou muito e ganhou o carinho e as orações de muitos. Conexão Três Pontas acompanhou toda caminhada e traz uma reportagem cheia de emoção, alegria e vitória! Após o tão sonhado e necessário transplante, Sofia Cogo está curada! Claro que a caminhada ainda é longa pra evitar a rejeição do órgão, mas agora ela respira e caminha a plenos pulmões, literalmente, sem máquinas, sem impedimentos, sem limitações. Nossa reportagem acompanhou como nenhum veículo de comunicação toda saga de Sofia. Rezou, torceu, ajudou nas campanhas e hoje celebra a vitória da jovem cheia de vida que, com exclusividade, falou ao

TRAGÉDIA: Pai que buscava corpo de filho para sepultamento morre em acidente entre carro e caminhão no Sul de Minas

Segundo o Corpo de Bombeiros, o idoso teria buscado em Alfenas o corpo do filho, que morreu por problemas de saúde, e retornava para Campos Gerais, onde seria realizado o velório. Um idoso morreu e outras duas pessoas ficaram feridas na noite desta segunda-feira (9) em um acidente na MGC-369, entre Alfenas e Campos Gerais (MG). Segundo o Corpo de Bombeiros, o idoso tinha ido até Alfenas buscar o corpo do filho, que morreu por problemas de saúde, e retornava para Campos Gerais, onde seria realizado o velório. _____continua depois da publicidade________ De acordo com o Corpo de Bombeiros, o carro onde estavam as vítimas bateu

Órgãos são captados por comissão hospitalar do HSFA

Fígado e córneas partiram de Três Pontas e foram transportadas por aeronave do Corpo de Bombeiros A comissão responsável pela doação de órgãos e tecidos para transplantes da Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis, de Três Pontas, conseguiu a captação de um fígado e as córneas de um único paciente, após autorização da família, mostrando que mesmo no momento de dor pela perda de um ente querido, é possível praticar a generosidade e a empatia, ajudando que outras pessoas se mantenham vivas através da doação de órgãos ou que gozem de mais qualidade. Uma aeronave do

IMPOSTO ITBI: O que é, o que representa e por que você deve entendê-lo?

Artigo assinado pelo Advogado dr. Gabriel Ferreira. ITBI – Imposto de Transmissão de Bens Imóveis Previsto no inciso II, III, do art. 156 da CF/88: II – transmissão “Inter vivos”, a qualquer título, por ato oneroso, de bens imóveis, por natureza ou acessão física, e de direitos reais sobre imóveis, exceto os de garantia, bem como cessão de direitos a sua aquisição; III – serviços de qualquer natureza, não compreendidos no art. 155, II, definidos em lei complementar. (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 3, de 1993) No Código Tributário Nacional (CTN) definido na seção III – Imposto sobre a

ALÔ DOUTOR: INFECÇÃO URINÁRIA NA GRAVIDEZ? FIQUE ATENTA!

Artigo do Dr. Eduardo Marcondes Lemos – Ginecologista e Obstetra A infecção do trato urinário (ITU) é uma relevante complicação do período gestacional, podendo gerar agravos tanto para a saúde materna quanto do feto. A gravidez pode ser um fator facilitador para a todas as formas de ITU. Isto se deve às mudanças anatômicas e fisiológicas impostas ao trato urinário da gestantes. As gestantes podem apresentar quadro chamados de bacteriúricas assintomáticas, o que nada mais é do que uma infecção de urina sem qualquer sintoma para a mulher. Por ser assintomática em torno de 30% dos casos evoluem para pielonefrite,

AQUELE QUE PRATICA O SILÊNCIO por Nilson Lattari

O silêncio é uma das grandes fórmulas de viver. Silenciar não é simplesmente desligar do mundo. É, antes de tudo, conectar-se com outra realidade. Uma realidade a ser construída onde os sonhos têm liberdade para edificar projetos e desejos, conturbados pelos barulhos que a realidade vivida produz. Não se fala de barulhos como os engarrafamentos e suas buzinas estrondosas, do falatório das pessoas, do barulho vindo das decepções, que não retumbam em nossos ouvidos, mas perturbam a audição da nossa mente. Silenciar é desconectar-se de coisas artificiais, até mesmo para que encontremos as soluções dos problemas do cotidiano. Não se

ENTREVISTA: Vereador Luciano Diniz solta o verbo em balanço do trabalho do Legislativo

“Apenas criticar sem mostrar um caminho não serve de nada” disse, entre outras coisas, o Legislador.

O advogado, ex-presidente da subseção local da OAB, diretor do Iprev, o instituto de previdência do município, Dr. Luciano Reis Diniz, vereador que vive sua primeira legislatura e que tem a política em seu DNA, afinal de contas é filho do ex-prefeito João Vicente Diniz, falou ao Conexão sobre o trabalho desenvolvido por ele e por seus pares na Câmara Municipal de Três Pontas até aqui e fez algumas revelações importantes. Acompanhe a entrevista:

O TRABALHO NA CÂMARA

“2021 foi, pelo menos para mim, um ano de muito aprendizado. A gente vai aprendendo como as coisas funcionam lá. A gente chega numa coisa nova e vai se adaptando. Em tudo existe regras e procedimentos, de como as coisas funcionam. Quando me candidatei a vereador eu sabia que eu não tinha condições de mudar o mundo, mas que eu tinha condições de mudar algumas coisas no meu universo. No ano passado dei muitas ideias e sugestões no sentido de buscar o bem para população e para nossa cidade. Mas o vereador não tem poder para tudo. Aquela ideia de que o vereador pode fazer milhões de projetos não é uma verdade. A gente tem que trabalhar para conscientizar o Executivo para que nos mande projetos para que possamos voltar. A maioria das ideias que a gente tem na verdade são de competência do Executivo. Existe uma questão legal chamada ‘erro de iniciativa’. Nem em tudo o vereador pode criar projeto, principalmente aqueles que geram despesas. A gente, enquanto vereador, apenas sugere. E quando eu faço algumas críticas são todas de forma construtiva. Sempre também tentando mostrar aonde está a solução, porque apenas criticar sem mostrar um caminho não serve de nada.”

O ATUAL COLEGIADO NO LEGISLATIVO

“Eu acredito que a Câmara Municipal esteja num caminho muito bom. Todos os vereadores, respeitando as suas particularidades, têm procurado desenvolver um trabalho importante. Vivendo o interior da Câmara Municipal eu pude perceber que as diferenças realmente existem e elas são fundamentais para a democracia e para o crescimento da nossa sociedade. Cada um tem a sua visão de vida e isso ajuda a formar uma ideia do bem comum.”

Apesar da amizade, do vínculo, eu sempre pauto as minhas votações em cima da legalidade. Eu, como advogado, ficaria muito ruim voltar em alguma coisa que não estivesse 100% dentro da lei.

___________________________continua depois da publicidade____________________________

LIGAÇÃO COM O PREFEITO

“Eu tenho uma boa relação com o prefeito Marcelo Chaves Garcia e com todos da Prefeitura Municipal. Sou amigo de todos e procuro ouvir bastante as questões levantadas pelos servidores, afinal de contas eles conhecem melhor do que ninguém toda aquela realidade e estrutura. Nada melhor do que você perguntar para o funcionário da prefeitura o que ele sugere, para que possamos trabalhar em cima disso. Apesar da amizade, do vínculo, eu sempre pauto as minhas votações em cima da legalidade. Eu, como advogado, ficaria muito ruim voltar em alguma coisa que não estivesse 100% dentro da lei.”

PERSPECTIVAS PARA 2022

“A medida em que cada um vai adquirindo mais experiência e conhecimento, vamos tentando melhorar a nossa atuação. Reforço que a atuação de um vereador é muito vinculada a atuação do Executivo. Se o prefeito estiver indo numa linha saudável, positiva, permitindo que o Legislativo aponte os caminhos, sem dúvidas que o trabalho cresce. É um trabalho conjunto, onde o Legislativo não vive sem o Executivo e vice-versa, mas sempre com independência.”

O importante é deixar claro que quando o vereador vota diferente da maioria não quer dizer que ele tem menos importância, que não quer o bem da cidade ou que não está sendo respeitado. Câmara é plural, câmara é colegiado.

A ATUAÇÃO POLÍTICA NA EMERGENCIAL QUESTÃO DA PANDEMIA DO CORONAVÍRUS

“Falando inicialmente dos vereadores, eu acho que nós todos temos trabalhado com muito bom senso. O bom senso é a palavra de ordem da atual Câmara Municipal. Estamos sempre preocupados com aquelas pessoas que têm como primazia as questões da saúde e também nos mostramos bastante preocupados com aquelas pessoas que têm sido afetadas economicamente pela pandemia. A grande maioria precisa trabalhar para poder colocar o pão de cada dia em suas casas. Nós sempre buscamos o bom senso entre essas duas questões, é claro, sem esquecer que sem saúde não temos nada, sem saúde, por exemplo, não conseguimos trabalhar. Por outro lado, tenho certeza de que o trabalho acaba influenciando positivamente na saúde das pessoas, eu penso muito nisso. E vejo que essa também tem sido a preocupação do Executivo Municipal.”

OPOSIÇÃO X SITUAÇÃO NA CÂMARA: RESPEITO OU “PÉ DE GUERRA”?

“O que existe hoje são ideias diferentes, divergências de pensamento. Isso é natural, saudável e faz parte da boa democracia. Nem todo mundo é obrigado a concordar com o seu ponto de vista. O importante é sempre respeitar o ponto de vista do outro embora, claro, que na Câmara sempre passa aquilo que é a vontade da maioria. O importante é deixar claro que quando o vereador vota diferente da maioria não quer dizer que ele tem menos importância, que não quer o bem da cidade ou que não está sendo respeitado. Câmara é plural, câmara é colegiado.”

Vereadores em reunião com o prefeito Marcelo Chaves, durante devolução de recursos do legislativo aos cofres públicos do Município.

___________________________continua depois da publicidade____________________________

NOTA PARA A CÂMARA MUNICIPAL DE 0 A 10

“Claro que eu darei nota 10 para o trabalho desenvolvido para Câmara Municipal até aqui. Mas apesar da nota máxima, por conta de todo o empenho que tenho observado, é claro que não podemos nos colocar numa zona de conforto e sempre há espaço para melhorar, para crescer.”

Eu acho que a gente nunca pode esquecer das nossas origens que é agricultura, que sempre foi e ainda é o pilar da economia em Três Pontas. O agronegócio vem se informatizando, vem se modernizando e hoje em dia as fazendas são verdadeiras empresas.

Homenagem à Cocatrel, símbolo do agronegócio, através do Vereador Luciano Diniz.

HARMONIA ENTRE OS PODERES

“Insisto que há um respeito muito grande entre os poderes. Mas é claro que nem sempre a Prefeitura vai concordar com alguma coisa em específico da Câmara Municipal e o Legislativo, por vez, também pode concordar ou discordar de alguma decisão ou trabalho vindo da Prefeitura Municipal. O que sempre precisa haver é o respeito pelos poderes e também pelas pessoas.”

INDUSTRIALIZAÇÃO

“Apesar de, graças a Deus, em Três Pontas vermos muitas empresas prosperando, é claro que não podemos esquecer que vivemos em 2021 novamente um ano atípico. Eu acho que a gente nunca pode esquecer das nossas origens que é agricultura, que sempre foi e ainda é o pilar da economia em Três Pontas. O agronegócio vem se informatizando, vem se modernizando e hoje em dia as fazendas são verdadeiras empresas. A crise que estamos vivendo é Mundial e é preciso destacar que, apesar de todas as dificuldades, felizmente a indústria em Três Pontas vem se desenvolvendo. Eu acho que o saldo é relativamente positivo sim, apesar das dificuldades, muitas pessoas conseguem ter emprego, consegue trabalhar, consegue produzir e a cidade vem crescendo, com uma infraestrutura cada vez melhor. E a Câmara Municipal têm um papel fundamental nisso. Por exemplo, na área da saúde, votamos vários projetos destinando mais recursos para a Saúde. E todo o cuidado que estamos tendo com a saúde acaba favorecendo diretamente a questão econômica, as empresas, as indústrias e a geração de emprego e renda.”

Quais as cidades que têm esse tanto de investimentos e de emendas chegando? É difícil encontrar alguma cidade que tenha esta situação positiva como tem Três Pontas.

A ‘SORTE’ DE TRÊS PONTAS TER DOIS DEPUTADOS

“Isso é importante, faz toda diferença e a melhor prova disso é constatar por toda a cidade os investimentos que aqui chegam através dos deputados Mário Henrique Caixa e Diego Andrade. Penso ser fundamental que um município tenha seus representantes em esferas maiores, mas não podem ser muitos, afinal de contas a contrapartida por parte da população é necessária, através do voto para que esses legítimos representantes, como nos casos que acima citei dos dois majoritários, sejam bem votados nas urnas para que sejam legitimados a continuar representando sua gente e sua cidade.

Dr. Luciano e o Deputado Estadual Caixa.

Mário Henrique Caixa é trespontano de nascimento e o Diego Andrade, apesar de não ter nascido aqui, é cidadão honorário e realmente abraçou Três Pontas como sendo sua cidade. Quais as cidades que têm esse tanto de investimentos e de emendas chegando? É difícil encontrar alguma cidade que tenha esta situação positiva como tem Três Pontas. Resumindo, na política, é preciso que se tenha compromisso.

Dr. Luciano Diniz, o Deputado Federal Diego Andrade e a dentista Liliane Reis Diniz.

É uma relação entre os votos nas urnas e o trabalho desenvolvido pelos representantes. Três Pontas já tem um grande vínculo com esses dois deputados, mas não fecha, em hipótese alguma, as portas para outros políticos. Eles eles possam continuar nos representando e trazendo benefícios para nossa gente e nossa cidade. Aproveito para desejar um excelente 2022 para todos os trespontanos, todos que vivem e abraçam a nossa cidade!”

 

12729255_119502638436882_132470154276352212_n

Roger Campos

Jornalista

MTB 09816

#doadorsemfronteiras

Seja Doador de Médicos sem Fronteiras

0800 941 0808

OFERECIMENTO

 

Sobre o autor

Reply

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm