Hospital chama esquadrão antibombas para homem com projétil “introduzido” no ânus

Bala de canhão estava em paciente que coleciona itens militares O Hospital Real de Gloucestershire, na Inglaterra, recebeu um caso um tanto quanto inusitado: um homem procurou o pronto-socorro com um projétil de canhão introduzido no ânus. Com medo de que o objeto pudesse explodir, a equipe médica acionou o esquadrão antibomba. De acordo com o tabloide The Sun, o inglês, que não foi identificado, disse que o objeto de 17 centímetros, alojado no reto, foi fruto de um acidente — ele teria escorregado e caído na ogiva, que faz parte de sua coleção. As informações foram confirmadas pelo Ministério da

APÓS 50 ANOS: Com narrações históricas do trespontano Caixa, Galo é Bicampeão Brasileiro

“Hoje tem festa na terra, mas também tem festa do céu!”, disse o narrador da Itatiaia visivelmente emocionado. Que a conquista do bicampeonato brasileiro do Atlético Mineiro foi merecida e segue sendo muito comemorada, ninguém tem dúvida. Assim como também todos sabem que o trespontano Mário Henrique Silva, o Caixa, é a voz oficial do “Galão da Massa”, da torcida atleticana, um legítimo representante que externa seu talento de anos de profissão e que transforma cada batimento do seu coração alvinegro numa sinergia, um misto de energia e paixão que impulsionam o impossível ao palpável, o sonho ao real. E

BOA NOTÍCIA: Famílias de baixa renda terão redução automática na conta de luz

Mais de 11,5 milhões de famílias podem passar a receber o benefício Famílias de baixa renda inscritas em programas sociais do governo passarão a ser incluídas, automaticamente, como beneficiárias da Tarifa Social de Energia Elétrica. Com isso, mais de 11,5 milhões de famílias podem passar a receber o benefício, com descontos de até 65% na fatura mensal da conta de luz, somando-se aos 12,3 milhões de famílias de baixa renda que já usufruem da redução. O protocolo que permite o cadastramento automático dessas famílias foi assinado nesta terça-feira (30), na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em Brasília, com

UNIÃO ESTÁVEL: confira o que você precisa saber! – Dr. Gabriel Ferreira

Veja as respostas para as 5 principais dúvidas sobre a união estável. 1) O que é a União Estável? Sem dúvidas, o primeiro passo é entender o que é a união estável. A resposta básica explica que a união estável é o relacionamento afetivo longo, público, contínuo e com base familiar. A união nasce como um fato e gera consequências que devem ser observadas pelos envolvidos. Como essa definição técnica pode trazer muitas dúvidas, vamos analisar cada requisito: Publicidade A exigência de o relacionamento ser público não se trata de uma exposição ampla da vida do casal. Na verdade, o

Covid-19: O que se sabe até agora da variante Ômicron?

Cientistas correm para decifrar genoma de vírus com 50 mutações O surgimento de uma variante no novo coronavírus confirmado em regiões da África preocupa especialistas internacionais de saúde. Batizada de Ômicron – letra grega correspondente à letra “o” do alfabeto -, a cepa B.1.1.529 foi identificada em Botsuana, país vizinho à África do Sul, em meados de novembro. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a variante pode se tornar responsável pela maior parte de novos registros de infecção pelo novo coronavírus em províncias sul-africanas. Onde a variante foi identificada? Além de países vizinhos a Botsuana – África do Sul, Lesoto,

Anvisa: dois casos da variante Ômicron são identificados no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na tarde desta terça-feira (30) que serão enviadas para análise laboratorial as amostras de dois brasileiros que, em análise preliminar, apresentaram resultado positivo para a variante Ômicron do novo coronavírus. A testagem foi realizada pelo laboratório Albert Einstein. O caso positivo investigado é de um passageiro vindo da África do Sul e que desembarcou no aeroporto internacional em Guarulhos, São Paulo, no dia 23. O passageiro portava  resultado de RT-PCR negativo e ia voltar para o país africano no dia 25 e ia fazer novo teste, acompanhado de sua mulher, para poder

Sobe para 47 número de cidades que já cancelaram festas de réveillon e carnaval de 2022 no Sul de Minas

Municípios da microrregião de Campo Belo e outras nove cidades comunicaram o cancelamento das festas nos últimos dois dias Subiu para 47 o número de cidades que já decidiram pelo cancelamento das festas de réveillon e do carnaval de 2022 no Sul de Minas. Nesta terça-feira (30), os municípios integrantes da microrregião de Campo Belo (MG) conjuntamente com as cidades de Perdões, Santo Antônio do Amparo, Bom Sucesso, Nepomuceno e Boa Esperança, decidiram não promover festividades públicas nas duas datas. As cidades que integram a microrregião de Campo Belo são: Cana Verde, Santana do Jacaré, Candeias, Camacho, Aguanil, Campo Belo

Programe-se: Veja datas e feriados de Dezembro de 2021

Nem parece, mas já estamos no último mês de 2021. Dezembro, mês do Natal (no dia 25) e das festas de fim de ano, traz consigo, além da chegada do verão no Hemisfério Sul (no dia 21 de dezembro, às 12h59), uma série de datas de celebrações que visam homenagear e conscientizar a população. Já no dia 2, são celebrados o Dia Nacional do Samba e do Dia Nacional da Astronomia. No dia 10, a celebração é ao Dia do Palhaço. O mês conta ainda com homenagens ao forró (o Dia Nacional do Forró é no dia 13), aos arquitetos e

DURANTE OPERAÇÃO, PM APREENDE MENOR E DROGAS EM TRÊS PONTAS

Durante operação natalina, a Polícia Militar se deslocou nesse sábado (28/11), às 18h, até o bairro Vila Marilena em Três Pontas/MG, onde foi avistado o menor de 17 anos, já conhecido no meio policial por tráfico de drogas. Ele foi abordado e consigo foi localizada a quantia R$ 40,00 e escondido no telhado de uma casa da Rua Maria Caetana, cerca de 1 metro de distância do abordado, foram localizadas 16 pedras de crack, prontas para a venda. ___________________________continua depois da publicidade____________________________ O menor infrator assumiu ser o dono das drogas, sendo então apreendido e em sua casa, depois de

Cocatrel inova nos sabores e lança café Reserva Cereja Descascado

A Cocatrel louçou mais uma opção para quem ama os diversos sabores do café. O Cocatrel Reserva Cereja Descascado é um café gourmet 100% arábica produzido com grãos do Sul de Minas, e traz para a xícara o sabor de uma bebida mais suave, de finalização longa, acidez cítrica e corpo aveludado. O café Cocatrel Reserva Cereja Descascado foi apresentado durante a Semana Internacional do Café (SIC), que ocorreu entre os dias 10 e 12 de novembro, em Belo Horizonte, e seu lançamento oficial acontece hoje, 16 de novembro, nas cafeterias Cocatrel de Três Pontas, Nepomuceno e Carmo da Cachoeira. ___________________________continua

INAUGURAÇÃO: Kapeh reúne paixão nacional a cuidados com o corpo em nova loja conceito em Três Pontas

Produtos de beleza à base de café e blends exclusivos proporcionam experiência única aos amantes do grão Com a experiência de seis gerações de sua família voltadas ao negócio cafeeiro, a premiada farmacêutica e bioquímica Vanessa Vilela inaugura, em Três Pontas (MG), um espaço voltado à apreciação do café e exposição dos produtos de beleza à base do grão, desenvolvidos pela Kapeh (www.kapeh.com.br). A nova loja conceito da marca – pioneira e reconhecida no ramo – une os cuidados com o corpo à paixão nacional com o intuito de os clientes desfrutarem uma experiência sinestésica, além de terem também a

BOA NOTÍCIA: Expectativa de vida no Brasil sobe para 76,8 anos

Aumento da expectativa de vida não considera efeitos da covid-19 O aumento da expectativa de vida ao nascer no país em 2020 era de 76,8 anos, uma alta de 2 meses e 26 dias em relação ao ano anterior (76,6 anos). Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no entanto, a idade foi estimada caso o país não tivesse passado pela pandemia de covid-19. Portanto, o IBGE não considera a crise de mortalidade provocada pela doença naquele ano. De acordo com o IBGE, sem considerar os efeitos da covid-19, a expectativa de vida para os homens era de

DESARME-SE E NÃO CONFUNDA ALHOS COM BUGALHOS.

 

Vivemos hoje a geração da hipersensibilidade. Estamos mais sensíveis e irritadiços. Mas não sensíveis no sentido pleno da palavra, que aflora nosso sentimento de humanidade e de amor pelo próximo. Sensíveis no que se refere a se incomodar facilmente com qualquer coisa. Episódios banais se transformam em terrorismo. Tudo incomoda, tudo gera atrito, discussão e morte.

Essa geração tecnológica impressiona pela facilidade em lidar com coisas que há 20 anos atrás nem se cogitava existir. Muitas crianças não brincam mais nas ruas e ficam dentro de casa, o dia todo, mergulhadas nos videogames ou na rede mundial de computadores. O smartphone não apenas afastou as famílias, o convívio, a conversa, o olho no olho, como tirou delas a vontade, a curiosidade das brincadeiras do mundo real. Hoje essas crianças e adolescentes têm o universo na palma da mão, mas não conhecem a rua debaixo de sua casa. Não sabem o que é conviver com “amigos de carne e osso” no dia-a-dia, como era antes.

Tamanha inovação digital vem modificando a criação dos nossos filhos, tornando-os menos resistentes às doenças, mais tímidos e fechados. Tudo diante de uma nova imposição universal que rotula praticamente tudo que se faz ou se fala como preconceito, pejorativo, vil, errado. O politicamente incorreto buzina nos nossos ouvidos toda hora. “Isso não pode, isso é feio, isso não deve, isso dá processo, etc…” Não percebem que estamos fabricando robôs, pessoas quase que teleguiadas de fato, manipuladas por gritos e clamores que, nem sempre, têm a intenção de melhorar a sociedade como se pinta aos quatro ventos.

Vou dar um exemplo de onde quero e vou chegar: A foto destaque desta crônica mostra uma festa dos anos 80 onde um menino quis uma festa de aniversário do Rambo, personagem que todos os meninos amavam na época e que eu, particularmente, sou apaixonado até hoje. Na decoração os bonequinhos do Stallone com sua arma característica. O próprio garotinho, dono da festinha, empunhava uma arma de brinquedo de cano longo. Pois bem. Encontrei essa imagem numa postagem da própria criança que hoje tem 40 anos. A legenda diz “Eu quando moleque, tive uma metralhadora dessa série de fabricação da “Estrela, fazia barulho de tiro de metralhadora e soltava faísca em cima do cano na parte frontal. Hoje com mais de 40 anos, nunca cometi um delito que fosse e jamais fui preso, pois tive uma infância plena e soube aproveitar muito bem, a educação que recebi dos meus pais”.

Uma das brincadeiras preferidas nos anos 80 e 90 era “Polícia e Ladrão”. Adorávamos brincar nos fazendo de mocinhos e bandidos. E dava um orgulho ser policial, ser xerife, prender os vilões. Era mágico, lúdico, gastava nossas energias e nos deixava felizes. E não conheço nenhum relato de algum marginal adulto que tenha entrado no mundo do crime em decorrência dessa brincadeira “inocente” de infância. Se fosse definir caráter, muitos que adoravam brincar de coisas de terror teriam virado monstros na fase adulta.

Agora a moda são os jogos de videogame realísticos e sangrentos, com explosões, bombas, mortes, pessoas decapitadas, cenas realmente fortes, porém comuns aos olhos de muitos. E o curioso é que isso pode, os pais permitem numa boa e ninguém fala nada. Apontar o dedinho imitando revólver, meu Deus, é o fim do mundo. Que inversão de valores, de realidade…

Dançávamos nos saudosos “bailinhos” em nossas próprias casas (com direito a dança da vassoura, repassando-a de mão em mão e trocando o par) e bem “coladinho”. Lembram da lambada? Pois é, ninguém virou estuprador ou maníaco sexual por ter tido esse contato próximo com outras pessoas.

Hoje, para se fazer um filho “feliz”, muitas vezes, é preciso comprar um celular de mais de 1.000 reais e passar o ano inteiro pagando as prestações. Antes, nos contentávamos com latinhas, pedaços de madeira, giz, papel e coisas simples para formatar nossas brincadeiras. Sem esquecer do barbante que não fazia apenas o pião (piorra) girar, mas nossa cabeça de emoção e fascínio.

E como tudo isso tinha graça!

Brincadeira de Polícia e Ladrão, uma das preferidas da geração 80, 90 e 2000.

O que realmente define caráter é EDUCAÇÃO. E não estou transmitindo responsabilidade aos professores (verdadeiros heróis do Brasil), profissionais que respeito de forma inconteste. Educação é dever de pai e mãe. Caráter vem do berço, de como os genitores ou seus criadores conduziram a vida dessa criança. Falo de mimos, de vontades, de acesso, de impor limites, saber dizer não, mostrar o certo e o errado. Essa base sólida, somada sim aos aprendizados numa boa escola (independente de ser pública ou particular) faz toda diferença.

Como aqueles três macaquinhos, estamos cegos, surdos e mudos. Não conseguimos ver o que está latente na nossa frente e forjamos culpados, mascaramos a realidade. Nossos ouvidos só escutam o que nos convém e sem esquecer que a transmissão da mesma mensagem chega a cada um de nós de forma diferente, com entendimento e decodificação exclusivas e distorcidas. Estamos praticamente emudecidos. Não queremos falar, preferimos ficar em cima do muro. E quando bradamos somos tolidos, acusados, massacrados, rotulados disso e daquilo, principalmente nas redes, cada vez mais, insociais.

Não, não vejo parâmetro, estudos e estatísticas que associem um criminoso de hoje a uma brincadeira lúdica ou prática infantil inocente. Sim! De fato o ontem foi muito mais feliz que o hoje. Mas cabe a cada um de nós reeditar esse cenário, resgatar o que realmente foi bom, extirpar aquilo que não presta, que confunde, que ludibria ou macula. Aprender com bons exemplos e parar de achar desculpa ou algoz. Ontem eu diria “menos frescura minha gente”. Hoje, plagiando um dito popular, sugiro “menos mimimi”.

Brinquemos com a vida, vamos sorrir, cantar, sujar as mãos e os pés na terra, tomar banho de chuva, brincar sim de polícia e ladrão com armas de brinquedo, com vassouras imitando espingardas ou com as próprias mãos. Ou quem sabe pega pega (pique), esconde esconde (pique esconde), taco (bete), queimada, bolinha de gude, andar de carrinho de rolimã (trolinho), pera uva maçã (beijo abraço aperto de mão), jogar bola na rua, ralar o dedão e o joelho, rasgar as roupas e gozar a vida com plenitude. Sem idade, sem rótulos, sem frescura. Amando e respeitando, cultivando as verdadeiras amizades.

Desarme seu coração dos julgamentos. Desarme sua mente dos preconceitos. Não confunda alhos com bugalhos. Desarme-se!!!

Curta a página do Conexão Três Pontas no facebook

www.facebook.com/conexaotrespontas

12729255_119502638436882_132470154276352212_n

Roger Campos

Jornalista

MTB 09816

#doadorsemfronteiras

Seja Doador de Médicos sem Fronteiras

0800 941 0808

Sobre o autor

Uma resposta

  1. Bruna Responder

Reply

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm