Outubro Rosa: Eu cuido da minha saúde todos os dias. E você?

  O movimento internacional de conscientização para a detecção precoce do câncer de mama, Outubro Rosa, foi criado no início da década de 1990, quando o símbolo da prevenção ao câncer de mama — o laço cor-de-rosa — foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York (EUA) e, desde então, promovida anualmente. O período é celebrado no Brasil e no exterior com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre o câncer de mama, a fim de contribuir para a redução da incidência e

Dia do Professor: docentes contam como está sendo o preparo para o Enem

Em todo o país, milhões de estudantes se preparam para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 nos dias 21 e 28 de novembro. As datas são importantes não apenas para eles, mas para todos os professores que estão diariamente preparando aulas, corrigindo redações, tentando tornar o conteúdo mais interessante para que os alunos aprendam o máximo possível. Hoje (15), no Dia do Professor, a Agência Brasil conversou com alguns desses profissionais. Em Brasília, o professor de geografia e coordenador da Secretaria de Cursos do Colégio Sigma, Robson Lucas Caetano, junta todas as forças nessa reta final. “Está mais próximo

Clube da Casa Nova Era celebra 24 anos consolidada como uma das melhores lojas do segmento de todo Brasil

Uma empresa que a cada dia inova, se renova e que constrói Nova Era, sem perder suas bases familiares e que privilegia sempre a qualidade, o bom atendimento e o indispensável respeito a cada consumidor/amigo. Assim é o Clube da Casa Nova Era, há 24 anos fazendo história e construindo, em pilares sólidos, uma relação de profissionalismo e de amizade com Três Pontas e região. Localizada a menos de 700m da MG-167, facilitando assim o deslocamento, o escoamento e ainda representando mais economia, a loja matriz conta com 9.000m², oferecendo o mais completo mix de matérias de construção da região.

Histórias de Vida: Professora Tonha Mello é homenageada pelo Conexão Três Pontas

ELA DEIXOU UMA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO PARA A HISTÓRIA DA NOSSA EDUCAÇÃO. O quadro Histórias de Vida, criado pelo portal Conexão Três Pontas, tem o objetivo de homenagear, em vida, pessoas de todas as classes sociais, profissões, funções ou perfis, que tenham se destacado por trabalhos relevantes ou simples, por exemplos deixados ao longo dos anos, por um legado de amizades e respeito. E hoje, Dia dos Professores, estamos merecidamente homenageando, recontando um pouco da história da querida e eterna Professora Tonha Mello. Maria Antonieta Mello Reis, popularmente chamada de Tonha Mello, nasceu em 12 de junho de 1943. É filha de

HISTÓRIAS DE VIDA: Professor João Victor Mendes é homenageado pelo Conexão Três Pontas

“O sonho da faculdade é real!” O EDUCADOR É UM DOS RESPONSÁVEIS PELA VINDA DO GRUPO UNIS PARA TRÊS PONTAS. O quadro Histórias de Vida, criado pelo portal Conexão Três Pontas, tem o objetivo de homenagear, em vida, pessoas de todas as classes sociais, profissões, funções ou perfis, que tenham se destacado por trabalhos relevantes ou simples, por exemplos deixados ao longo dos anos, por um legado de amizades e respeito. E hoje, estamos merecidamente homenageando, recontando um pouco da história do querido professor João Victor Mendes de Gomes e Mendonça. João Victor Mendes de Gomes e Mendonça nasceu em 30 de

NINGUÉM TEM O ARSENAL COMPLETO – Por Juarez Alvarenga

Na vida não existe conquista sem lutas. Nós, seres humanos, somos resultados de como defendemos nossos interesses. Para isto é necessário que tenhamos armas suficientes para nossas guerras diárias. Quando crianças, possuímos brinquedos representativos, e na maturidade, devido a seriedade em que a vida toma, aprendemos a manusear estes perigosos instrumentos, para nos proteger e depois atacar. A espontaneidade nascida da simplicidade, onde existe um campo de dádivas que não precisa de armas, pois há uma reciprocidade mágica e uma convivência saudável, o que vêm desaparecendo com a entrada deste novo milênio. O homem moderno só é domado pela racionalidade.

5 MOTIVOS PARA FAZER UM TESTAMENTO – Dr. Gabriel Ferreira

1. Liberdade Para beneficiar quem não receberia herança Ou seja, o artigo 1.829 do Código Civil, estipula a ordem familiar de pela qual deve acontecer a sucessão. Com o instrumento de testamento o autor pode dispor com quem deve ficar parte de seus bens, seja para um familiar (por exemplo, um sobrinho que não estaria na ordem de sucessão), ou um amigo ou ainda até mesmo para uma instituição. 2. Evitar brigas entre os herdeiros Se o testamento for elaborado conforme o que dispõe a lei, sem ultrapassar a legítima ou prejudicar nenhum sucessor, ele garantirá a segurança aos herdeiros

Fiéis celebram 304 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida

CONEXÃO RELEMBRA A HISTÓRIA DA IMAGEM VENERADA EM TODO PAÍS Era outubro de 1717, quando três pescadores – João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia – ficaram encarregados de conseguir peixe para a festa que a Vila de Santo Antônio de Guarantinguetá iria oferecer ao governante da capitania hereditária de São Paulo e Minas de Ouro, que estava de passagem pela região. O problema é que, naquela época, não era tempo de peixe naquele mês. Após várias tentativas puxando a rede no Rio Paraíba do Sul, um pedaço do corpo de uma imagem de Nossa Senhora Conceição apareceu para os pescadores.

COMENTANDO… Pra onde caminha a Humanidade?

Um fato triste, lamentável, me chamou a atenção na manhã de hoje; uma notícia de um artista de rua, um pai de família em busca do honesto sustento, atacado com “ovadas” desferidas não apenas por um covarde, mais por um símbolo da falta de amor ao próximo, de respeito e de empatia.   Um músico de rua, de 20 anos, foi atacado com ovadas quando tocava violoncelo em uma rua movimentada de Santos, no litoral de São Paulo. O artista viaja de cidade em cidade tocando nas ruas e em comércios para sustentar o filho pequeno. O instrumento, atingido pelos

BOA NOTÍCIA: Três Pontas não registra nenhuma morte por covid-19 há quase 1 mês

Último óbito por complicações decorrentes do coronavírus foi divulgado pela Secretaria de Saúde no boletim do dia 13 de setembro. A Prefeitura Municipal de Três Pontas divulgou em sua página oficial o Boletim Epidemiológico desta sexta-feira (08) trazendo o aumento no número de contaminados, bem como no número de curados. O total de óbitos não voltou a subir. Não houve o registro de nenhuma morte por covid-19 nos últimos 25 dias. Quase um mês sem nenhum novo óbito por complicações do coronavírus. A variante Delta, que já foi confirmada no Sul de Minas, ainda não chegou oficialmente em Três Pontas. Inegavelmente os números

Governo cria programa de resgate da fauna silvestre

Resgate+ tem ações de atendimento e assistência a animais silvestres Portaria do Ministério do Meio Ambiente instituiu o Programa Nacional de Resgate de Fauna Silvestre. O Resgate+ tem, entre suas finalidades, a adoção de medidas visando afugentamento, resgate, atendimento e assistência de animais silvestres em situação de risco e vulnerabilidade nos seis biomas do país. A portaria foi publicada no último dia 6 no Diário Oficial da União. O atendimento (primário e emergencial), citado pela Portaria nº455, deverá ser feito por médico veterinário. Ainda no âmbito das metas do Resgate+, figuram a redução da perda de biodiversidade da fauna em

Feriadão de 12 de Outubro será chuvoso em boa parte de Minas; veja previsão

Em Três Pontas Dia de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças será de chuva As famílias que planejaram um Dia das Crianças ao ar livre terão que repensar os planos. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o feriado prolongado será de chuva em boa parte do estado. Em Belo Horizonte, a chuva começou na sexta-feira (8/10) e só deve parar na terça-feira (12/10). A previsão para a capital mineira é de céu com muitas nuvens e chuva forte. A temperatura deve cair, com máxima de 17ºC e mínima de 13ºC na terça-feira. A máxima do feriado será sábado,

EXCLUSIVO: Diretor solta o verbo sobre a saúde financeira e o pagamento dos funcionários do Hospital

unis-nova-oferecimento

“É pelos 121 pacientes que estão aqui todos os dias e outros 10 que estão na UTI entubados, lutando pela vida. É por eles, pelos funcionários e médicos que estou lutando e pedindo a sensibilidade do Prefeito.”

15666478_1235415509840053_1169985689_n

O Conexão Três Pontas conversou com exclusividade com o homem escolhido a dedo para tentar tirar o Hospital São Francisco de Assis do vermelho. Silvio Denis Grenfell é o diretor executivo da Santa Casa. Numa entrevista absolutamente sincera e reveladora, o experiente profissional fala das dívidas, do pagamento dos funcionários e se emociona ao falar dos pacientes e da situação critica das finanças. Acompanhe:

15645656_1235416239839980_631627850_n

Conexão – Apesar de toda a dificuldade da Santa Casa em Três Pontas, comenta-se tanto nos corredores da entidade quanto fora do Hospital que o Sr. é um grande profissional, experiente e que tem todas as condições de mudar a realidade financeira atual. Como o Sr. pegou a Santa Casa e como ela está agora?

Silvio Grenfell – Eu peguei a Santa Casa em abril deste ano. Mas, antes disso, em agosto do ano de 2015 eu fiquei aqui 20 dias a convite da Irmandade para fazer um diagnóstico situacional das finanças. Eu trabalho muito pra Fundação Unimed. Eu estava fazendo um trabalho em Uberaba que terminei em março e a convite do Hospital São Francisco de Assis assumi a direção executiva, não mais como um consultor. Eu disse que o Hospital precisava crescer, pois estava parado no tempo. Se não crescesse, devido aos atrasos nos repasses municipais, estaduais e federais, também devido a demora na vinda de emendas, a situação não iria melhorar. Todas as Santas Casas têm as suas dificuldades. Raras são aquelas que estão estabilizadas. Mas todas dependem desses repasses. Quando eu aqui cheguei, de posse dos dados que eu já havia levantado anteriormente eu comecei a trabalhar internamente. Tínhamos um prejuízo na casa dos 250 mil reais por mês. Isso precisava ser contido, como se fosse uma hemorragia.

Nós trabalhamos numa revisão da parte de mantimentos, suprimentos, medicamentos e folha de pagamento. Benefícios dados também foram analisados. Não existe mágica, ou você aumenta a receita ou você diminui as despesas. Apesar desse estudo e ter conseguido equilibrar as contas, não tivemos nenhum lucro, mas até setembro conseguimos equilibrar esse déficit. Nós elaboramos um fluxo de caixa até o mês de dezembro. Eu tenho até o fim do ano que vem. Mas estamos atualmente trabalhando com o fluxo até esse mês. Eu então estava contando com os repasses municipais, estaduais e federais. Sempre há um atraso pequeno, mas já estamos até acostumados.

Por exemplo, todo dia 20 ou um pouco depois entram 200 mil reais da Rede de Urgência e Emergência. Nós contamos com esse dinheiro. Já do repasse municipal nós contamos com um valor todo mês, que estava vindo até setembro. O valor é de 131.500,00. Esse é um dinheiro que eu pago os médicos, por exemplo. O SUS que chega entre o dia 08 e dia 10, eu pago a folha de pagamento com esse montante. Acontece que em outubro as coisas ficaram diferentes. As subvenções municipais de outubro e novembro não vieram. E estavam no fluxo de caixa, eu contei e preciso dela. Eu, claro, priorizei os pacientes, os funcionários, medicamentos e médicos. Todos esses precisam receber. Os funcionários trabalham duro e precisam receber. Os médicos também têm suas famílias e precisam sustenta-las. Com a ausência desse repasse foi uma dificuldade enorme. Mesmo que os 200 mil mensais da Rede de Urgência e Emergência tenham vindo até novembro, a subvenção não veio e isso complicou tudo. E não vindo eu não sei o que fazer, como sanar as dívidas mensais. De onde eu vou tirar? Tem que ter um plano B. A Caixa Econômica nos ofereceu empréstimos. Mas aí precisou da CND (Certidão Negativa de Débito) e nós não temos devido a dívidas anteriores.

A Câmara Municipal, que trabalhou muito pró-hospital, pelo menos a grande maioria dos vereadores, devolveu 400 mil reais para a Prefeitura para que esse dinheiro viesse para o Hospital. Mas não veio! Foi votado, o projeto do vereador Popó e tal. Mas não houve qualquer comunicação e num outro veículo da mídia, o Prefeito disse que estaria pensando se repassaria ou não. Disse que faria contas pra ver se liberaria ou não. Eu não quero julgar, mas peço que o Prefeito tenha solidariedade e sensibilidade para com o Hospital. Não é por mim. É pelos 121 pacientes que estão aqui todos os dias e outros 10 que estão na UTI entubados, lutando pela vida. É por eles, pelos funcionários e médicos. Eu nem daqui sou, mas virei um trespontano  convicto e quero fazer deste hospital um grande hospital. Você está olhando nos meus olhos e eu afirmo isso pra você com toda sinceridade. Eu preciso desses repasses. Os funcionários estão desesperados, precisando receber. E pra piorar o repasse do SUS que deveria ter sido feito até o dia 10 não caiu na conta. O valor do repasse do SUS chega a 400 mil reais. É muita coisa. Com ele pago a folha de pagamento e a manutenção dos pagamentos.

A situação é bem difícil. Eu tenho bastante dinheiro para receber. Temos 250 mil reais que é o restante de uma emeda parlamentar da deputada Geiza Teixeira (PT). Ela já nos enviou 350 mil no meio do ano. Com certeza virão esses 250 mil, mas o estado de Minas está em calamidade financeira e isso pode demorar muito a sair. Do SUS temos 400 mil.

15645227_1235414956506775_1260318063_n

Conexão – Eu vi que o Sr. Ficou emocionado ao falar dos funcionários, dos médicos e dos pacientes. Percebo que o Sr. realmente tem muita vontade de reverter esse quadro. O Sr. estava falando do que tem pra receber. A Prefeitura deve algum outro valor além do repasse da subvenção dos últimos 3 meses?

Silvio Grenfell – Sim. Eu me preocupo muito com as pessoas, os profissionais, os pacientes e suas famílias. Tem outros valores que eu estou cobrando da Prefeitura, da ordem de 790 mil reais de coisas compradas pela Prefeitura para o pronto Atendimento, como Raio X e outros equipamentos. Isso fora o repasse. Mandamos uma notificação extrajudicial referente a isso e uma segunda notificação eferente ao atraso da subvenção. Essa cobrança que não se refere a subvenção terá um caminho um pouco diferente e pode demorar um pouco mais.

Nós temos hoje pra receber algo em torno de 1 milhão e meio de reais. Se tivéssemos recebido estaríamos em dia e seriámos um dos poucos hospitais filantrópicos que estaríamos com uma saúde financeira equilibrada. Sem lucro, mas pagando os funcionários e os médicos em dia, atendendo a comunidade a contento.

Conexão – Rumores e mensagens que chegaram ao Conexão dão conta de que os funcionários que estão sem receber poderiam iniciar uma manifestação ou até uma greve. O que o Sr. pensa sobre isso?

Silvio Grenfell – Eu desconheço isso. Greve eu desconheço. Eu conversei com o sindicato através do seu presidente José Nilson. Falou-se da necessidade de se fazer um manifesto lá na Prefeitura cobrando a vinda dessa verba. Eu não sou contra isso. Mas tenho muita cautela para que todo trabalho já conseguido não seja jogado por terra. Já greve eu não tenho informação e não concordo. Eu não tenho o dinheiro. Não me repassaram. Eu não estou escondendo nada de ninguém. Me preocupo com todos aqui e estou fazendo o máximo que eu posso. Seria mais um sofrimento para os nossos pacientes. Precisamos fazer divulgação disso e agradeço muito a você.

15592388_1235416286506642_82602051_n

Conexão – Se esses repasses não vierem, o que o Sr. pretende fazer?

Silvio Grenfell – Teremos que tomar medidas mais drásticas, porque não terei erário, valores para manter 121 leitos. Pode ser que eu tenha que reduzir para 50 leitos. É um fato extremo? Sim, é, que só será feito em último caso e com a união de concordância de todos. Mas não está descartado. Não é pra fazer pressão em ninguém, é um fato verídico. Roupas, sapatos, por exemplo, as pessoas esperam pra comprar. Com a saúde, com o salário dos trabalhadores não.

15644293_1235415376506733_1252527937_n

Conexão – Como está a receptividade da população em relação ao Cartão Saúde?

Silvio Grenfell – Muito bom você perguntar isso. O Cartão nós idealizamos com a finalidade de termos uma verba nossa, sem depender de estado ou município. É uma forma da população de Três Pontas e cidades vizinhas, que dependem do Hospital, de ajudar. Não é um plano de saúde, pois não é regulamentado pela ANSS. É uma ação junto a comunidade. As empresas estão participando positivamente e estão até me causando surpresa, de forma muito positiva mesmo. A Associação Comercial está fazendo toda a parte comercial e tem nos ajudado muito, através de seu presidente Michel Renan e sua diretoria.

Precisamos que a população realmente abrace essa causa e venha fazer seu cartão. O titular paga apenas 20 reais por mês e os dependentes, sem limite de idade, apenas 10 reais mensais. Com isso terá atendimento prioritário, descontos em exames e procedimentos, consultas mais baratas, benefícios em farmácias, dentistas, academias e muito mais. Sete grandes farmácias e vários laboratórios já estão participando, além de óticas. Está indo bem, mas precisamos urgente de mais ajuda.

15645184_1235415709840033_1606545344_n

Conexão – Suas considerações finais…

Silvio Grenfell – Existem dois tipos de pessoas: os solitários, que vivem pra si apenas, como se fosse uma ilha. E existe o solidário, aquele que realmente vive feliz, faz de tudo para ajudar a quem precisa. Venham fazer esse trabalho de salvação e de crescimento do nosso Hospital. Precisamos de todos e da sensibilidade do Prefeito.

*O Cartão Saúde pode ser feito diretamente no Hospital ou na sede da Associação Comercial. Maiores informações: 3265-9700.

rc-conexao-perfil

Roger Campos

Jornalista Conexão Três Pontas

(MTB 09816)

 

Sobre o autor

Uma resposta

  1. tais Responder

Reply

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm