Dia do Professor: docentes contam como está sendo o preparo para o Enem

Em todo o país, milhões de estudantes se preparam para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 nos dias 21 e 28 de novembro. As datas são importantes não apenas para eles, mas para todos os professores que estão diariamente preparando aulas, corrigindo redações, tentando tornar o conteúdo mais interessante para que os alunos aprendam o máximo possível. Hoje (15), no Dia do Professor, a Agência Brasil conversou com alguns desses profissionais. Em Brasília, o professor de geografia e coordenador da Secretaria de Cursos do Colégio Sigma, Robson Lucas Caetano, junta todas as forças nessa reta final. “Está mais próximo

Clube da Casa Nova Era celebra 24 anos consolidada como uma das melhores lojas do segmento de todo Brasil

Uma empresa que a cada dia inova, se renova e que constrói Nova Era, sem perder suas bases familiares e que privilegia sempre a qualidade, o bom atendimento e o indispensável respeito a cada consumidor/amigo. Assim é o Clube da Casa Nova Era, há 24 anos fazendo história e construindo, em pilares sólidos, uma relação de profissionalismo e de amizade com Três Pontas e região. Localizada a menos de 700m da MG-167, facilitando assim o deslocamento, o escoamento e ainda representando mais economia, a loja matriz conta com 9.000m², oferecendo o mais completo mix de matérias de construção da região.

Histórias de Vida: Professora Tonha Mello é homenageada pelo Conexão Três Pontas

ELA DEIXOU UMA IMPORTANTE CONTRIBUIÇÃO PARA A HISTÓRIA DA NOSSA EDUCAÇÃO. O quadro Histórias de Vida, criado pelo portal Conexão Três Pontas, tem o objetivo de homenagear, em vida, pessoas de todas as classes sociais, profissões, funções ou perfis, que tenham se destacado por trabalhos relevantes ou simples, por exemplos deixados ao longo dos anos, por um legado de amizades e respeito. E hoje, Dia dos Professores, estamos merecidamente homenageando, recontando um pouco da história da querida e eterna Professora Tonha Mello. Maria Antonieta Mello Reis, popularmente chamada de Tonha Mello, nasceu em 12 de junho de 1943. É filha de

HISTÓRIAS DE VIDA: Professor João Victor Mendes é homenageado pelo Conexão Três Pontas

“O sonho da faculdade é real!” O EDUCADOR É UM DOS RESPONSÁVEIS PELA VINDA DO GRUPO UNIS PARA TRÊS PONTAS. O quadro Histórias de Vida, criado pelo portal Conexão Três Pontas, tem o objetivo de homenagear, em vida, pessoas de todas as classes sociais, profissões, funções ou perfis, que tenham se destacado por trabalhos relevantes ou simples, por exemplos deixados ao longo dos anos, por um legado de amizades e respeito. E hoje, estamos merecidamente homenageando, recontando um pouco da história do querido professor João Victor Mendes de Gomes e Mendonça. João Victor Mendes de Gomes e Mendonça nasceu em 30 de

NINGUÉM TEM O ARSENAL COMPLETO – Por Juarez Alvarenga

Na vida não existe conquista sem lutas. Nós, seres humanos, somos resultados de como defendemos nossos interesses. Para isto é necessário que tenhamos armas suficientes para nossas guerras diárias. Quando crianças, possuímos brinquedos representativos, e na maturidade, devido a seriedade em que a vida toma, aprendemos a manusear estes perigosos instrumentos, para nos proteger e depois atacar. A espontaneidade nascida da simplicidade, onde existe um campo de dádivas que não precisa de armas, pois há uma reciprocidade mágica e uma convivência saudável, o que vêm desaparecendo com a entrada deste novo milênio. O homem moderno só é domado pela racionalidade.

5 MOTIVOS PARA FAZER UM TESTAMENTO – Dr. Gabriel Ferreira

1. Liberdade Para beneficiar quem não receberia herança Ou seja, o artigo 1.829 do Código Civil, estipula a ordem familiar de pela qual deve acontecer a sucessão. Com o instrumento de testamento o autor pode dispor com quem deve ficar parte de seus bens, seja para um familiar (por exemplo, um sobrinho que não estaria na ordem de sucessão), ou um amigo ou ainda até mesmo para uma instituição. 2. Evitar brigas entre os herdeiros Se o testamento for elaborado conforme o que dispõe a lei, sem ultrapassar a legítima ou prejudicar nenhum sucessor, ele garantirá a segurança aos herdeiros

Fiéis celebram 304 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida

CONEXÃO RELEMBRA A HISTÓRIA DA IMAGEM VENERADA EM TODO PAÍS Era outubro de 1717, quando três pescadores – João Alves, Felipe Pedroso e Domingos Garcia – ficaram encarregados de conseguir peixe para a festa que a Vila de Santo Antônio de Guarantinguetá iria oferecer ao governante da capitania hereditária de São Paulo e Minas de Ouro, que estava de passagem pela região. O problema é que, naquela época, não era tempo de peixe naquele mês. Após várias tentativas puxando a rede no Rio Paraíba do Sul, um pedaço do corpo de uma imagem de Nossa Senhora Conceição apareceu para os pescadores.

COMENTANDO… Pra onde caminha a Humanidade?

Um fato triste, lamentável, me chamou a atenção na manhã de hoje; uma notícia de um artista de rua, um pai de família em busca do honesto sustento, atacado com “ovadas” desferidas não apenas por um covarde, mais por um símbolo da falta de amor ao próximo, de respeito e de empatia.   Um músico de rua, de 20 anos, foi atacado com ovadas quando tocava violoncelo em uma rua movimentada de Santos, no litoral de São Paulo. O artista viaja de cidade em cidade tocando nas ruas e em comércios para sustentar o filho pequeno. O instrumento, atingido pelos

BOA NOTÍCIA: Três Pontas não registra nenhuma morte por covid-19 há quase 1 mês

Último óbito por complicações decorrentes do coronavírus foi divulgado pela Secretaria de Saúde no boletim do dia 13 de setembro. A Prefeitura Municipal de Três Pontas divulgou em sua página oficial o Boletim Epidemiológico desta sexta-feira (08) trazendo o aumento no número de contaminados, bem como no número de curados. O total de óbitos não voltou a subir. Não houve o registro de nenhuma morte por covid-19 nos últimos 25 dias. Quase um mês sem nenhum novo óbito por complicações do coronavírus. A variante Delta, que já foi confirmada no Sul de Minas, ainda não chegou oficialmente em Três Pontas. Inegavelmente os números

Governo cria programa de resgate da fauna silvestre

Resgate+ tem ações de atendimento e assistência a animais silvestres Portaria do Ministério do Meio Ambiente instituiu o Programa Nacional de Resgate de Fauna Silvestre. O Resgate+ tem, entre suas finalidades, a adoção de medidas visando afugentamento, resgate, atendimento e assistência de animais silvestres em situação de risco e vulnerabilidade nos seis biomas do país. A portaria foi publicada no último dia 6 no Diário Oficial da União. O atendimento (primário e emergencial), citado pela Portaria nº455, deverá ser feito por médico veterinário. Ainda no âmbito das metas do Resgate+, figuram a redução da perda de biodiversidade da fauna em

Feriadão de 12 de Outubro será chuvoso em boa parte de Minas; veja previsão

Em Três Pontas Dia de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças será de chuva As famílias que planejaram um Dia das Crianças ao ar livre terão que repensar os planos. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o feriado prolongado será de chuva em boa parte do estado. Em Belo Horizonte, a chuva começou na sexta-feira (8/10) e só deve parar na terça-feira (12/10). A previsão para a capital mineira é de céu com muitas nuvens e chuva forte. A temperatura deve cair, com máxima de 17ºC e mínima de 13ºC na terça-feira. A máxima do feriado será sábado,

POLÍCIA MILITAR REALIZA OPERAÇÃO E REPRIME TRÁFICO DE DROGAS EM TRÊS PONTAS

Após Operação Batida Polícia, na última quinta-feira, 07/10, a PM conseguiu mais uma vez atuar contra o tráfico de drogas na cidade de Três Pontas. Diversos entorpecentes foram apreendidos, assim como um menor infrator. A PM realizou a operação ao final da tarde, quando por volta das 17 horas se deparou com um adolescente de 17 anos na Rua Caetana, no bairro Jardim das Oliveiras, que agia de forma suspeita e tentou fugir ao ver os militares se aproximando. O menor foi então abordado e após busca pessoal e nas imediações a equipe policial localizou diversos entorpecentes, entre os quais

Fã da sétima arte, trespontano Milton Nascimento terá sua vida contada em filme

Projeto está em estágio embrionário, mas a Gullane, responsável pela empreitada, aventa que longa pode estrear em 2023

O fã que acompanha a vida de Milton Nascimento para além da potência de sua produção musical sabe que a relação do cantor e compositor com a sétima arte não pleiteia menos que o adjetivo “visceral”. Não raro, este mineiro, trespontano de coração, cita “Jules e Jim” (1962), de François Truffaut (1932-1984), como um dos filmes basilares de sua formação cultural. As páginas biográficas dedicadas ao artista contam que foi no dia em que, junto a Marcio Borges, assistiu à produção francesa em várias sessões seguidas, se apaixonando por Jeanne Moreau, é que decidiu que seria compositor e músico profissional. Passados 20 anos daquele marco, lá estava Milton, participando de “Fitzcarraldo”, de Werner Herzog. A amizade com River Phoenix também consta dos vários capítulos da vida de Milton ligados ao cinema.

A novidade é que o novo flerte deve ter como fruto uma produção que levará um recorte temporal da vida de Bituca à tela grande. A notícia foi dada em primeira mão na semana passada pelo próprio artista, em seu perfil no Instagram, onde revelou o contrato assinado com a Gullane para tal fim. A parceria já havia sido testada com absoluto sucesso na série “Milton e o Clube da Esquina”, que atualmente pode ser conferida no streaming da Globoplay e no Canal Brasil. “O cinema sempre foi a minha vida. Se comecei a compor por causa de ‘Jules e Jim’, ao longo da minha carreira, trabalhei em muitos filmes, seja como compositor, cantando nas trilhas.. Até como ator, já participei, e em vários longas. Então, saber que a minha própria história vai virar filme é uma coisa que traz um sentimento de muita satisfação. Mais um grande sonho que se realiza”, conta Milton Nascimento.

Filho do artista, Augusto Kesrouani Nascimento adiciona: “Na verdade, eu já pensava nesta ideia há algum tempo, porque realmente acho que história dele merece isso. É uma trajetória muito rica, muito cheia de acontecimentos… A forma como ele desenvolveu a musicalidade, na infância, e depois, na vida adulta, os encontros que teve na vida, a forma como isso foi levando a música dele para o mundo e fazendo ele chegar aonde chegou. E, além disso,  ele é um apaixonado por audiovisual. Tudo isso me fazia ter vontade de ver a vida dele se transformar em filme, e a ideia amadureceu e se concretizou na primeira reunião que tive com o Fabiano Gullane para falar sobre o documentário ‘Milton e o Clube da Esquina’, de 2018. Ali, ele deixou claro que queria fazer o filme e eu, que era algo que também tinha total vontade e disponibilidade para desenvolver com ele e dar sequência. Ou seja, uma ideia antiga que tomou forças graças ao Fabiano e à Gullane”.

Augusto salienta, ainda, a importância de esta empreitada se concretizar com o artista em vida. “Geralmente, muitos desses filmes (cinebiografias) acabam sendo homenagens póstumas, e eu queria que ele visse isso. Já que é tão apaixonado por cinema, que possa assistir à própria história, sabe? Se divertir, se emocionar… Enfim, curtir esse momento que é dele. Essa é a base de tudo, que ele receba essa homenagem e desfrute dela”.

Fabiano Gullane, um dos nomes à frente da produtora, confirma que a série foi o embrião de tudo. “A gente acabou de ter essa experiência muito bonita, com esse programa, uma visita do próprio Milton às composições mais importantes do Clube da Esquina I e II. E a série foi propositadamente um mergulho que a gente fez juntos, combinados, para realmente se enfronhar neste universo das histórias, das memórias, das lembranças, para a gente se inspirar e recolher esse material, para começar a descobrir com qual recorte a gente vai contar a história de um dos maiores ídolos da música brasileira, da composição, da poesia brasileira, do intérprete. A gente achou que fazia muito sentido, já que a série documental deu tão certo, ser hora de a gente partir para filme”.

Fabiano lembra que a produtora tem os direitos do livro “Os Sonhos  não Envelhecem”, de Marcio Borges, “que resume essa fase tão importante da vida cultural mineira, brasileira e do mundo”. No entanto, a ideia é que seja um roteiro original. “A gente não pretende fazer um recorte muito longo, ao menos nesse primeiro filme – porque pode ser que (essa iniciativa) tenha outros formatos no futuro. O importante é que ele realmente consiga expressar o estilo, a força e o talento do Milton, que transbordou as fronteiras do Brasil e conquistou o mundo inteiro. Essa poesia da música do Milton, do Lô (Borges), do Marcinho (Borges), do Ronaldo (Bastos), do Fernando (Brant) e de todos os demais  ali que a gente também tenta conseguir no cinema”.

O produtor, porém, pontua que o processo está apenas começando. “A gente está falando do embrião de uma gênese. Vamos partir de uma história muito linda – real, viva, super importante – amparados pelo livro do Marcinho, com a participação do próprio Milton e do Augustinho Nascimento, que são partes integrantes desse projeto, e, nos próximos meses,  tudo vai estar concentrado em criação, na busca para achar essa história, como vai ser contada a história do Milton, do Clube da Esquina, de que forma levar essa história para o cinema, e, quem sabe, estarmos prontos para produzir no final do ano que vem, para lançar em 2023. São ainda suposições, pois, claro, tudo vai depender também da pandemia”.

Augusto conta que ele e Milton estão totalmente abertos às propostas e ideias de roteiro. “Claro, provavelmente meu pai vai querer estar por perto, dar opinião e, eventualmente, até sugerir alterações no que achar que não condiz com a realidade da vida dele, mas a gente entede que eles (da Gullane) são totalmente capazes, superprofissionais. O que eles propuserem vai ser totalmente bem vindo”. Sobre nomes, ele também prefere não opinar. “O mercado audiovisual brasileiro é riquíssimo, temos profissionais maravilhosos, roteiristas, atores incríveis. A gente está esperando as sugestões da Gullane. Esse processo está vindo mais por parte deles, mas com certeza vamos ter profissionais incríveis aí, fazendo parte dessa iniciativa com a gente”.

E Milton pode aparecer na tela, ao menos em uma participação especial? “Olha… Essa ideia nunca tinha sido levantada, mas é provável que ele queira aparecer, sim (risos). Ele gosta demais de fazer filmes, novelas. No caso de ‘Fitzcaraldo’, que é um clássico, ele gosta que todo mundo assista à participação dele”.

Fonte O Tempo

#conexãotrêspontas #notícia #opinião #comentando #polêmica #jornalismo #informação #comportamento #fato #pandemiacoronavirus #uti #rogercampos #minasgerais #suldeminas #Conexão #reportagem #notícias #Covid19 #distanciamentosocial #instagram #twitter #saúde #educação #política #economia #governofederal #trêspontas #vacinacontracovid19 #bolsonaro #coronavac

Curta a página do Conexão Três Pontas no facebook

www.facebook.com/conexaotrespontas

12729255_119502638436882_132470154276352212_n

Roger Campos

Jornalista

MTB 09816

#doadorsemfronteiras

Seja Doador de Médicos sem Fronteiras

0800 941 0808

OFERECIMENTO

 

 

Sobre o autor

Reply

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm