Covid-19: Prefeitura de Lençóis Paulista diz que criança teve parada cardíaca após vacina

Secretaria de Estado da Saúde acha precipitado associar caso à vacina A prefeitura municipal de Lençóis Paulista (SP) divulgou uma nota oficial no início da noite de ontem (19) informando que suspendeu por sete dias a vacinação infantil em razão de uma criança de dez anos ter sofrido uma parada cardíaca 12 horas após ser vacinada contra a covid-19 na cidade. Segundo a família, a criança está estável e consciente. A prefeitura não teve acesso ao prontuário médico da criança, que foi atendida na rede privada. A Secretaria de Estado da Saúde afirmou que é precipitado e irresponsável afirmar que

Câmara Municipal recebe Deputado Diego Andrade para apresentação de emendas remetidas à Três Pontas

Balanço trata, especialmente, das verbas parlamentares destinados ao município nos últimos 24 meses. A Câmara Municipal de Três Pontas recebeu na manhã desta quinta-feira, 20 de janeiro, o deputado federal Diego Andrade, majoritário em Três Pontas, onde o mesmo fez um balanço dos recursos que destinou ao município nos últimos dois anos, principalmente. Diversas autoridades e representantes dos mais variados setores estiveram presentes. Dentre as presenças, estavam o Prefeito Marcelo Chaves Garcia, o Vice-Prefeito Luiz Carlos da Silva, o Presidente da Câmara Municipal de Três Pontas, vereador Maycon Douglas Machado, demais legisladores municipais, além de representantes de diversos segmentos, como

DOAÇÃO DE BENS PARA FAMILIARES: COMO FUNCIONA? – Dr. Gabriel Ferreira

A doação de bens para familiares é uma ação um tanto natural para várias famílias, mas nem todas as pessoas sabem como a doação pode ser uma estratégia e tanto para organizar o planejamento sucessórios dos bens, evitando uma série de desgastes e complicações burocráticas, típicas do modelo tradicional de sucessão baseado no inventário judicial ou extrajudicial. A verdade é que este é um tema razoavelmente simples. Por se tratar de um conjunto de bens à disposição de seu proprietário, praticamente todas as vontades individuais e legítimas do doador são aceitas, à exceção de algumas limitações impostas pela lei. É

Câmara aprova ajuste de salários dos servidores municipais em Três Pontas

Executivo tem a obrigação, por lei, de mandar o projeto no início de cada ano; Professores receberam 25% de aumento. A Câmara Municipal de Vereadores de Três Pontas, através de reunião extraordinária na manhã de hoje, quarta-feira, 19 de janeiro de 2022, aprovou por unanimidade o Projeto de Lei número 001, de 7 de janeiro de 2022, de autoria do Executivo Municipal, em caráter de urgência. O projeto tem por finalidade reestruturar a administração pública municipal em relação aos profissionais de diversos setores, tais como da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Administração e Recursos Humanos, Saúde, Educação, Assistência Social e Gabinete,

ALERTA: Internações por covid-19 disparam em Três Pontas; Ontem havia 1 e hoje são 5

Número de internados com suspeita de coronavírus pulou de 3 para 10 nas últimas 24 horas, segundo Boletim Epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde; Três Pontas se aproxima de 1.000 casos ativos no momento. A Prefeitura Municipal de Três Pontas divulgou em sua página oficial o Boletim Epidemiológico desta quarta-feira (19) trazendo a confirmação de vários novos casos de coronavírus no município. O total de óbitos segue em 168. Há cinco pessoas internadas na Santa Casa com a doença e outras 10 hospitalizações com suspeita.  Inegavelmente os números em Três Pontas, assim como em todo Brasil, estavam melhorando por conta do avanço

Vacinação para crianças começa no próximo sábado, dia 22 em Três Pontas

A imunização contra a covid-19 atenderá crianças de 5 a 11 anos com doenças pré-existentes. LEIA COM ATENÇÃO E TIRE SUAS DÚVIDAS. A Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura Municipal de Três Pontas informou em sua página oficial nas redes sociais o início da vacinação contra a covid-19 para crianças no município. Será no próximo sábado dia 22 de janeiro. Ainda de acordo com a SMS, a imunização atenderá inicialmente crianças com comorbidades com idades entre 5 e 11 anos. Será necessário a apresentação do cartão de vacina ou CPF, além do relatório médico indicando a comorbidade e o acompanhamento

BOA NOTÍCIA: Safra de café deve registrar aumento de 16,8% em 2022, diz Conab

Em 2021, o volume total produzido foi de 47,7 milhões de sacas Após queda na produção no ano passado, a primeira estimativa da safra de café em 2022 aponta que a colheita do grão deve ter um aumento de 16,8% em relação ao ano passado, ficando em 55,7 milhões de sacas de 60 quilos (kg). Em 2021, o volume total de café produzido foi 47,7 milhões de sacas. Os números foram divulgados hoje (18) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O resultado previsto, entretanto, ainda está abaixo do que foi colhido em 2020, quando a safra recorde foi 63,08 milhões

Minas Gerais se prepara para imunizar 1,8 milhão de crianças contra a covid-19

Público de 5 a 11 anos de idade vai receber o imunizante pediátrico da Pfizer A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) reforça a necessidade de vacinar as crianças de 5 a 11 anos contra o novo coronavírus. Minas recebeu nesta sexta-feira (14/1), um lote com 110 mil doses da vacina Pfizer/Comirnaty – Pediátrica. “O Governo de Minas está preparado para vacinar o público infantil contra a covid-19. A estimativa é que as doses da Pfizer comecem a ser entregues às Unidades Regionais de Saúde e a alguns municípios ainda hoje, quando já será possível iniciar a aplicação”, explicou o secretário de

Saiba como ajudar e onde entregar doações para os atingidos pelas chuvas em Minas

Água potável, alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal, colchões e cobertores são os itens de maior necessidade O Governo de Minas, por meio do Serviço Social Autônomo (Servas), intensifica esforços para a campanha SOS Chuvas Minas Gerais. O objetivo é receber doações destinadas à população atingida pelas fortes chuvas que castigaram os municípios do estado. A prioridade agora é arrecadar água potável, alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal, colchões e cobertores. Uma força-tarefa envolvendo a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec) e as forças de segurança está recolhendo o material e prestando ajuda

Governador pede ao Ministério de Minas e Energia suspensão da Bandeira Vermelha na conta de luz dos mineiros

Chuvas que castigam o estado provocaram perdas para população e municípios e elevaram os níveis dos reservatórios O governador Romeu Zema enviou, na quinta-feira (13/1), ofício ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, solicitando a suspensão da “Bandeira Vermelha de Escassez Hídrica” nas contas de energia elétrica em Minas Gerais devido às fortes chuvas nas últimas semanas. “Quando a economia mineira ainda tentava se recuperar dos nefastos efeitos da pandemia de covid-19, agravada pela severa crise fiscal que se abate sobre as finanças estaduais, fomos atingidos pela catástrofe causada pela chuva desproporcional dos últimos dias. A solidariedade com os

BOA NOTÍCIA: Ômicron pode ser o início do fim da pandemia, afirma pneumologista da Fiocruz

Margareth Dalcomo destaca ainda que infecção simultânea de gripe e Covid era esperada, mas ainda não apresentam sinais de piora no quadro de saúde dos pacientes A variante Ômicron pode significar o começo do controle da pandemia de Covid-19, segundo a avaliação da pneumologista da Fiocruz Margareth Dalcomo. A médica afirmou que a característica das viroses respiratórias é elas se tornarem menos letais e menos capazes de causar doenças severas, como parece ser o caso da nova cepa descoberta inicialmente na África do Sul e que já circula no Brasil. “Ela está cumprindo um papel historicamente muito relacionado

ENTREVISTA: Vereador Luciano Diniz solta o verbo em balanço do trabalho do Legislativo

“Apenas criticar sem mostrar um caminho não serve de nada” disse, entre outras coisas, o Legislador. O advogado, ex-presidente da subseção local da OAB, diretor do Iprev, o instituto de previdência do município, Dr. Luciano Reis Diniz, vereador que vive sua primeira legislatura e que tem a política em seu DNA, afinal de contas é filho do ex-prefeito João Vicente Diniz, falou ao Conexão sobre o trabalho desenvolvido por ele e por seus pares na Câmara Municipal de Três Pontas até aqui e fez algumas revelações importantes. Acompanhe a entrevista: O TRABALHO NA CÂMARA “2021 foi, pelo menos para mim,

MG começa a aplicar dose de reforço em setembro; variante delta ‘vai predominar’ no estado

Dentro das 200 amostras de casos positivos de coronavírus estudadas por semana em Minas Gerais, a maioria já é causada pela delta.

 variante delta já é predominante nas amostras de coronavírus que passam por estudo genômico em Minas Gerais, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti.

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (26), ele disse que o estado vai começar a aplicar a dose de reforço da vacina contra a Covid-19 para idosos e imunossuprimidos em setembro.

Segundo Baccheretti, dentro das 200 amostras de casos positivos de coronavírus estudadas por semana em Minas Gerais, a maioria já é causada pela delta – antes, a variante gama era a predominante.

Atualmente, 102 casos da cepa estão confirmados no estado, dos quais quatro evoluíram para óbito.

“Em números absolutos parece pequeno, mas proporcionalmente o que estamos vendo é que a maior parte das amostras são delta. É um novo capítulo da pandemia. A expectativa que temos é que a delta vai predominar no estado, afirmou o secretário, ressaltando que todas as vacinas são eficazes contra a variante.

“Temos que usar máscara, distanciamento, lembrar que a guerra não acabou, para que consigamos encontrar imunidade de rebanho em outubro, novembro, quando teremos 70% das pessoas (vacinadas) com duas doses. Não tem remédio novo, não tem tratamento novo, o que temos é vacinação e os cuidados já habituais da pandemia”, disse Baccheretti.

Dose de reforço

Minas Gerais vai começar a aplicar, em setembro, a dose de reforço para idosos e imunossuprimidos, conforme anunciado pelo Ministério da Saúde. No mesmo mês, adolescentes com e, depois, sem comorbidades devem ser imunizados – o estado tem cerca de 1,7 milhão de habitantes de 12 a 17 anos.

Segundo Baccheretti, os primeiros a receberem as vacinas de reforço serão os idosos de 80 anos ou mais. À medida que mais doses chegarem, a faixa etária será reduzida até alcançar todo o grupo acima de 60 anos. Este grupo equivale a cerca de 70% dos óbitos por Covid-19 registrados em Minas atualmente.

“A expectativa que temos de vacinas recebidas da Pfizer para setembro (em torno de 7 milhões) é suficiente para que todos os adolescentes tomem a sua vacina e também para que a gente comece o reforço de idosos”, diz o secretário.

A expectativa do Ministério da Saúde é que as doses de reforço sejam aplicadas a partir de 15 de setembro, mas municípios que estiverem com a imunização mais avançada e tiverem doses disponíveis podem iniciar antes. De acordo com Baccheretti, metade das cidades do estado vai chegar ao público de 18 anos ainda neste mês.

“Hoje a maior preocupação que nós temos é com os idosos, porque a resposta imunológica dos idosos é mais baixa em relação à vacina e já tem seis meses que eles tomaram. O Ministério da Saúde está nos pedindo para vacinar todas as pessoas de 18 anos (ou mais) primeiro, é o que estamos fazendo, mas já temos muitas vacinas disponíveis. Quanto antes a gente conseguir iniciar a vacinação dos idosos, menor a pressão (no sistema de saúde) e menor o número de óbitos”, disse.

O secretário explicou que as doses de reforço devem ser de tipos diferentes das aplicadas nas primeira e segunda vezes. No Brasil, há três plataformas diferentes de imunizantes: Coronavac; AstraZeneca e Janssen; e Pfizer.

“A dose de reforço deve ser dada por uma plataforma diferente. Então, para quem tomou Coronavac, o reforço vai ser ou AstraZeneca, Janssen ou Pfizer. Para quem tomou AstraZeneca, o reforço poderá ser dado com Coronavac ou Pfizer”, pontuou.

Ainda segundo Baccheretti, a expectativa é que todos, independentemente da idade, recebam a dose de reforço em algum momento.

“Vencendo idosos e imunossuprimidos, iremos vacinar por tempo. Quem tomou (a vacina) há seis meses, depois (quem tomou) há cinco, quatro. Vamos seguindo nesse caminho. Todos receberão o reforço da vacina, até quem está recebendo hoje vai chegar ao momento oportuno de tomar o reforço”.

Intervalo reduzido

Conforme determinação do Ministério da Saúde, o intervalo entre a primeira e a segunda dose das vacinas da Pfizer e AstraZeneca será reduzido de 12 para oito semanas em Minas Gerais, também a partir de setembro.

Segundo o secretário de Saúde, até 11 de agosto, mais de 1,1 milhão de pessoas estavam com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em atraso no estado – o número pode incluir dados reprimidos, não lançados pelos municípios.

“O papel da busca ativa é do município. É muito importante que a gente faça nosso papel de explicar à população: ‘a reação da vacina não é nada perto da doença, busque sua segunda dose'”, disse Baccheretti.

Casos e óbitos em queda

De acordo com o secretário, Minas Gerais vive uma “queda sustentável de casos novos” de Covid-19 e tendência de redução dos óbitos.

Menos de 34% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para a doença estão ocupados no estado. Na manhã desta quinta-feira, 15 pacientes aguardavam internação. Em junho, eram 227.

Segundo Baccheretti, o avanço da variante delta no estado ainda não reflete na demanda por leitos hospitalares.

Com a melhora nos indicadores, as macrorregiões Triângulo do Norte e Nordeste, que estavam na onda amarela do Minas Consciente, avançaram para a verde no sábado (28). Com isso, 13 das 14 regiões mineiras ficam na onda menos restritiva. Apenas a Triângulo do Sul segue na onda amarela.

Cirurgias eletivas

De acordo com Baccheretti, a retomada da realização de cirurgias eletivas é uma preocupação do estado. Antes da pandemia, eram realizados cerca de 190 mil procedimentos anualmente. Neste ano, até o final de maio, foram em torno de 26 mil.

“É um acúmulo importante. Estamos agindo junto aos municípios para que consigamos tirar esse atraso”, diz.

Segundo ele, o estado está buscando inventivos financeiros e kits intubação para fomentar a realização de cirurgias eletivas.

Fonte G1 Sul de Minas

#conexãotrêspontas #notícia #opinião #comentando #polêmica #jornalismo #informação #comportamento #fato #pandemiacoronavirus #uti #rogercampos #minasgerais #suldeminas #Conexão #reportagem #notícias #Covid19 #distanciamentosocial #instagram #twitter #saúde #educação #política #economia #governofederal #trêspontas #vacinacontracovid19 #bolsonaro #coronavac

12729255_119502638436882_132470154276352212_n

Roger Campos

Jornalista

MTB 09816

#doadorsemfronteiras

Seja Doador de Médicos sem Fronteiras

0800 941 0808

OFERECIMENTO

 

 

Sobre o autor

Reply

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm