"> "Minha mãe me abortou e pensou que eu havia morrido" - Conexão Três Pontas

EXCLUSIVO: Maioria dos contaminados “oficialmente” pelo coronavírus em Três Pontas tem menos de 60 anos

Covid-19 tem atingido pessoas de praticamente todas as faixas etárias “A Covid-19 é uma doença de todos, mas que mata mais os velhos!”. Esta afirmação muito difundida nos meses iniciais de transmissão do coronavírus em todo mundo está cada vez mais se tornando uma verdade absoluta. Isso porque a pandemia tem contaminado pessoas de praticamente todas as faixas etárias. Aqui em Três Pontas a maioria dos infectados não está no chamado “grupo de risco dos idosos”, embora, segundo especialistas a amostragem seja ínfima, insuficiente para se chegar a alguma conclusão mais precisa. Mundo A Covid-19 não é uma doença de

Frio: Temperaturas caem ainda mais no Sul de Minas

CONFIRA A PREVISÃO ATÉ DOMINGO EM TRÊS PONTAS. A  grande forte massa de ar frio de origem polar que se espalhou sobre o Brasil continua fazendo a temperatura baixar muito no Sul no Sudeste e também no Centro-Oeste do país nesta quarta-feira. Podem ser observados valores ainda menores do que os registrados na madrugada do dia 26 de maio. A madrugada de 26 de maio pode ser considerada a mais fria do ano, de forma geral, no estado de São Paulo,  no centro- sul e oeste de Minas Gerais,  no centro-sul de Goiás, no oeste sul do estado de Mato

COVID-19: 3 IMPORTANTES ASPECTOS DO DIREITO DE FAMÍLIA DURANTE A PANDEMIA

Neste artigo vamos analisar alguns aspectos do direito de família durante a pandemia, e claro, como solucioná-los. Não nos é novidade que a pandemia do coronavírus nos trouxe inúmeras preocupações, sejam financeiras ou psicológicas, ou as duas. Assim sendo, é de extrema importância que tomemos um certo cuidado com o direito de família, pois este lida com várias questões importantes, como por exemplo, o melhor interesse do filho, que é assunto do presente artigo. 1 – PENSÃO ALIMENTÍCIA Como sabemos, a pensão alimentícia é o valor pago de uma pessoa para outra, ou seja, do alimentante para o alimentando. O

AgroCP conquista Selo Verde de produto amigo da natureza

O prêmio, certificado oficial Selo Verde, é concedido pelo Instituto Chico Mendes e mostra que a empresa tem comprometimento com a sustentabilidade e o meio ambiente. “O selo verde é uma certificação sócio ambiental confirmando que estamos no caminho certo para a criação de uma companhia cada vez mais compromissada com o desenvolvimento sustentável” – afirma José Carlos de Oliveira, engenheiro agrônomo Agro CP. Para conseguir o Selo Verde, a empresa passou por um processo de seleção que englobou a auto avaliação por meio de um questionário, visita técnica e um parecer final. “Por meio da inovação tecnológica o respeito

Alerta: Três Pontas registra mais 2 casos de Covid-19

Já são 19 pessoas infectadas pelo coronavírus no município. A Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Três Pontas confirmou na manhã desta quarta-feira (27) novos números, chegando ao décimo nono caso de coronavírus na cidade. Do dia 13 para cá, ou seja, nos últimos 14 dias (duas semanas) foram mais sete casos confirmados. Doze pessoas estiveram em tratamento, enquanto, infelizmente, um óbito já foi confirmado. Até o último dia 13 de maio eram 12 casos confirmados, dentre eles uma morte. E em menos de duas semanas os casos voltaram a subir e de forma acelerada. De 13 o número

Contrato com moratória na Caixa, o que isso significa?

DIANTE DA PANDEMIA DE CORONAVÍRUS  PAGAMENTO HABITACIONAL PODE SER PRORROGADO; SAIBA COMO. Pausa estendida é o mesmo que pausa moratória Devido à pandemia do coronavírus, e em virtude da perda de renda da maior parte da população, a Caixa Econômica Federal havia anunciado que as pessoas físicas poderiam solicitar a pausa estendida de até duas prestações. Posteriormente, este período foi ampliado, permitindo a pausa de até 90 dias, o que equivale a deixar de pagar até quatro prestações. A solicitação devia ser feita por meio do aplicativo Caixa Habitação. Todos aqueles que solicitaram a pausa dos seus contratos habitacionais, procederam com

Economia: Aneel anuncia bandeira verde na conta de luz até o final de 2020

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu manter, até o fim de 2020, a bandeira verde, sem acréscimo na tarifa, na conta de luz. O anúncio foi feito nesta terça-feira (26), em reunião pública da diretoria da companhia. A medida tem caráter emergencial para aliviar a conta de luz dos consumidores e auxiliar o setor elétrico em meio ao cenário de pandemia do coronavírus. Os valores das bandeiras tarifárias, que são atualizados todos os anos, levam em consideração estimativas de mercado, inflação, projeção de volume de usinas hidrelétricas, histórico de operação do Sistema Interligado Nacional, além dos valores e limites

DENGUE SEGUE CONTAMINANDO; MINAS JÁ TEM MAIS DE 60 MIL CASOS: NOVA MORTE REGISTRADA NO SUL DO ESTADO

Brasil já tem mais de meio milhão de casos de dengue em 2020. Os anos passam e Minas Gerais continua perdendo vidas por causa da dengue. Desta vez, o óbito foi registrado na cidade de Guaxupé, na Região Sul do estado. Ao mesmo tempo em que registrou mais uma morte, Minas Gerais rompeu a marca, este ano, dos 60 mil casos prováveis da doença. A soma dos suspeitos aos confirmados alcançou o número de 61.000 no estado. A cada semana são, em média, mais 5 mil novos casos de dengue. Antes da morte em Guaxupé, foram registradas vidas perdidas em

DEPUTADO FEDERAL DIEGO ANDRADE DEIXA HOSPITAL APÓS SE TRATAR COM CLOROQUINA CONTRA A COVID-19

Após alguns dias no Hospital Mater Dei, em Belo Horizonte, o líder do PSD na Câmara Federal, majoritário em Três Pontas, deputado Diego Andrade foi na manhã desta segunda-feira (25) para sua casa onde continuará o tratamento contra o coronavírus. Em um vídeo gravado pelo próprio parlamentar, ele revela estar bem e ter sido tratado com o coquetel que inclui Cloroquina. Moradores de Santana da Vargem se mostraram preocupados com o fato do deputado federal Diego Andrade, possivelmente já contaminado, ter participado de uma festa de casamento naquela cidade onde cerca de 50 pessoas estiveram presentes, segundo leitores do Conexão.

DEPUTADO “TRESPONTANO” DIEGO ANDRADE ESTÁ HOSPITALIZADO COM CORONAVÍRUS, diz colunista de O Globo

De acordo com o colunista de O Globo, Lauro Jardim, o deputado federal Diego Andrade, majoritário em Três Pontas, está internado em Belo Horizonte, no Hospital Mater Dei, com Covid-19. Ainda conforme a publicação, Diego Andrade, líder do PSD na Câmara, estaria fazendo tratamento com Cloroquina. Nossa reportagem fez contato com várias pessoas ligadas diretamente do deputado Diego Andrade. A informação que apuramos é que ele está bem, está se recuperando e deve continuar seu tratamento em isolamento domiciliar a partir desta segunda-feira. Atualização O assessor Luiz Antônio Diniz, popularmente chamado de Baratinha, não confirmou que a internação do deputado

‘Brasil não será um epicentro, e sim um exemplo’, afirma Nise Yamaguchi

A médica oncologista e imunologista, Nise Yamaguchi, cotada para assumir a pasta da saúde, defende  uso da hidroxicloroquina em casos leves de coronavírus. Ela falou sobre o protocolo de adoção da substância, apresentado pelo presidente Jair Bolsonaro, que levou o ex-ministro Nelson Teich a pedir demissão do cargo. Yamaguchi atualmente assessora o comitê de crise do governo contra o coronavírus. E no mesmo dia em que o ex-ministro Nelson Teich se reuniu com Bolsonaro para comunicar sua saída, a médica também tinha uma reunião agendada com o presidente. O encontro se deu em um almoço, após Teich ter pedido para

Vacinação contra Febre Aftosa está mantida, informa o IMA

O Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA, confirmou nesta semana que o calendário de vacinação contra a febre aftosa está mantido! O produtor rural deve ficar atento aos prazos. A primeira etapa da campanha começou no dia 1° de maio e vai até o dia 30 de junho. Conforme o cronograma, deverão ser imunizados bovinos e bubalinos de todas as idades. O Escritório Seccional de Três Pontas se encontra fechado por motivo da pandemia de Covid-19. Também e possível declarar a vacina via Portal do Produtor e no site www.ima.mg.gov.br. O produtor que tiver dificuldade ou dúvida pode ir ao

“Minha mãe me abortou e pensou que eu havia morrido”

Quando Melissa Ohden tinha 14 anos, ela descobriu um segredo chocante – sua mãe tentou abortá-la. Ela foi salva por uma enfermeira que a ouviu chorando entre os resíduos de um hospital dos Estados Unidos. Esta é a história de sua sobrevivência e da mãe que pensava que o bebê havia morrido. “Eu cresci sabendo que nasci prematuramente e que eu tinha sido adotada”, diz Melissa Ohden, hoje aos 41 anos, ao programa Victoria Derbyshire, da BBC.

“O que eu não sabia era que havia um grande segredo por trás de tudo isso. Que eu deveria ter nascido morta, mas, em vez disso, nasci viva.”

O ano era 1977. Em um hospital do Estado de Iowa, nos EUA, a mãe biológica de Melissa, então com 19 anos, havia concluído um aborto – para isso, fez uso de uma solução salina tóxica por cinco dias.

Nascida aos oito meses de gravidez e pesando menos de 1,3 kg, Melissa foi deixada entre os restos de resíduos hospitalares. Ficou ali até que uma enfermeira ouviu seu choro fraco e os movimentos quase imperceptíveis.

A recém-nascida foi levada às pressas para uma Unidade de Terapia Intensiva onde, contra todas as probabilidades, sobreviveu.

Os médicos pensaram que ela não enxergaria e acreditavam que tinha um problema cardíaco fatal.

Mas a verdade é que a menina passou a viver uma vida perfeitamente saudável e acabou sendo criada por uma família adotiva.

“É surpreendente”, admite Melissa. “Eu mesma me belisco alguns dias.”

Busca pela mãe biológica

Melissa, que escreveu um livro sobre suas experiências, diz que só descobriu que era uma sobrevivente de um aborto quando, durante uma discussão, sua irmã deixou escapar que ela era adotada.

“Pelo menos meus pais biológicos me queriam”, gritou a irmã, sem pensar.

No começo ela ficou confusa, mas, quando se deu conta, entrou em uma espiral perigosa.

“Eu voltei minha dor contra mim mesma”, explica ela. “Desenvolvi distúrbio alimentar, passei a abusar do álcool. Não queria mais ser eu mesma.”

A dor continuou a crescer. Até que, aos 19 anos, ela tomou a ousada decisão de tentar localizar e rastrear a mãe que a abortara.

Foi um processo que levou mais de uma década, mas ela a encontrou – e descobriu uma verdade que a chocou ainda mais.

Melissa Ohden escreveu um livro sobre sua história (Foto: Melissa Ohden )

Arrependimento

“O maior segredo, na verdade, é que minha mãe biológica passou mais de 30 anos acreditando que eu tinha morrido naquele dia no hospital. Ela não foi informada de que eu sobrevivi. Isso foi mantido em segredo”, conta Melissa.

“Fui colocada para adoção sem que ela soubesse. Ela nunca soube se havia dado à luz um garotinho ou uma garotinha.”

Quando as duas se encontraram pela primeira vez, três anos após terem começado a trocar emails, Melissa ficou mais impressionada com o arrependimento nos olhos de sua mãe.

Ela tenta descrever o momento em que se conheceram, que descreve como “absolutamente surreal”.

“É um daqueles momentos decisivos da sua vida.”

Mas as verdades chocantes continuaram a aparecer.

Sua mãe biológica, Ruth, disse a ela que nunca quis fazer um aborto e que, na verdade, foi forçada a tentar interromper a gravidez.

“O que eu soube foi que minha avó – mãe da minha mãe – era uma enfermeira proeminente na comunidade e que a pessoa que fazia os abortos era amigo dela. Juntos, eles forçaram o aborto da minha mãe contra a vontade dela. Eles foram capazes de contornar os regulamentos e procedimentos do hospital pelos quais minha mãe biológica teria que passar”, conta.

“As pessoas no hospital pensaram que tinha sido sua escolha, e ela não teve oportunidade de lutar contra isso.”

A sobrevivência de Melissa era algo ainda mais improvável, já que sua avó, que trabalhava no hospital onde ela nasceu, instruiu seus colegas a “deixarem o bebê no quarto para morrer” naquele dia – um fato que ela admitiu abertamente entre os membros da família.

“Não tem sido fácil lidar com isso”, diz Melissa, refletindo sobre os comentários de sua avó. “Mas eu não estou brava com ela. Todos nós cometemos erros nesta vida”, acrescenta.

“Meu coração dói por ela, porque sempre me pergunto o que aconteceu em sua vida para levá-la a tomar essa decisão sobre a minha.”

‘Uma dos mais sortudas’

Hoje, Melissa garante que é “uma das pessoas mais sortudas do mundo”.

Em primeiro lugar, por ter sobrevivido. E, depois, por ter seus pais adotivos e sua mãe biológica em sua vida.

Por acaso, Melissa e a mãe biológica vivem agora em Kansas City, no Missouri, assim como uma de suas meia-irmãs.

Elas se veem “sempre que possível”, diz, com alegria.

“Minha família biológica é uma parte importante da minha vida.”

Fonte G1 Sul de Minas

Curta a página do Conexão Três Pontas no facebook

www.facebook.com/conexaotrespontas

12729255_119502638436882_132470154276352212_n

Roger Campos

Jornalista

MTB 09816

#doadorsemfronteiras

Seja Doador de Médicos sem Fronteiras

0800 941 0808

Sobre o autor

Reply

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm