"> SAAE EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE A QUALIDADE DA ÁGUA EM TRÊS PONTAS. - Conexão Três Pontas

HISTÓRIAS DE VIDA: “Seu Toninho Pieve” é Homenageado pelo Conexão Três Pontas

Querido por todos, ele é um exemplo de amor ao trabalho. O quadro Histórias de Vida, criado pelo portal Conexão Três Pontas, tem o objetivo de homenagear, em vida, pessoas de todas as classes sociais, profissões, funções ou perfis, que tenham se destacado por trabalhos relevantes ou simples, por exemplos deixados ao longo dos anos, por um legado de amizades e respeito. E hoje estamos, merecidamente, homenageando, contando um pouco da história do querido Antônio Pieve”. Antônio Pieve, conhecido popularmente como Seu Toninho, é natural de Três Pontas. Nasceu em 10 de dezembro de 1938. É filho de João Pieve e Isabel

Para 2021: Johnson & Johnson vai fabricar 1 bilhão de vacinas contra coronavírus

A Johnson & Johnson, em parceria com o governo dos EUA, vai fabricar até um bilhão de doses de vacina contra o coronavírus. A vacina escolhida, é a que vem sendo desenvolvida desde janeiro, baseada na mesma tecnologia usada para fabricar a vacina contra o Ebola, amplamente usada em pessoas na África. Em estudos de laboratório, a vacina experimental produziu fortes anticorpos neutralizantes contra o covid-19 – o tipo necessário para obter um resultado bem-sucedido. A produção A produção vai começar após os testes em humanos, previstos para setembro. Se tudo estiver certo, a imunização começa em 2021, muito mais

URGENTE: Brasil registra 42 mortes por COVID-19 em apenas um dia

O Ministério da Saúde registrou mais 42 mortes relacionadas à pandemia de coronavírus no país, nas últimas 24 horas. Com isso, o Brasil já contabiliza 201 mortes e outras 5.717 contaminações pelo vírus. Os dados foram divulgados na tarde desta terça-feira (31), nas redes sociais da pasta federal. Em comparação com o boletim divulgado na segunda, o número de mortes saltou 26%, já que na ocasião, haviam sido registradas 159 mortes. Já o aumento no número de casos foi de 24%; ontem eram 4.579 pessoas contaminadas. São Paulo é o estado mais crítico, registrando 2.339 mil casos da COVID-19 – 822 em apenas 24 horas. No estado que

Senado aprova auxílio de R$ 600 a informais; mães “chefes de família” poderão receber até R$ 1.200

A medida permite que trabalhadores informais e pessoas com deficiência recebam Benefício de Prestação Continuada (BPC) por três meses O Senado aprovou nesta segunda-feira, em votação simbólica, o auxílio emergencial mensal de R$ 600 por três meses para trabalhadores informais e pessoas com deficiência, que estejam na fila de espera para receberem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) durante pandemia do coronavírus. O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), relator do projeto, fez uma alteração no texto para estender o benefício para profissionais com contrato de trabalho intermitente, quando o regime de trabalho não tem jornada e salário fixos.A ideia foi incluída

Escolas fechadas, hospitais lotados, eventos cancelados: o Brasil da meningite de 1974

Aulas suspensas e eventos esportivos transferidos, algumas das consequências da atual pandemia do novo coronavírus, já marcaram a história recente do Brasil, por conta de outra doença: a meningite. Em 1974, durante o período da ditadura militar, o Brasil enfrentava a pior epidemia contra a meningite de sua história. O país já tivera dois surtos da doença – um em 1923 e outro em 1945 -, mas, nenhum deles tão grave ou letal. Isso porque o Brasil foi vítima não de um, mas de dois subtipos de meningite meningocócica: do tipo C, que teve início em abril de 1971, e

Vacinação de Idosos muda na cidade de Três Pontas

Pessoas com mais de 60 anos poderão receber a dose dentro de seus carros na próxima quinta-feira ou em suas residências a partir de agendamento via telefone. A próxima etapa da vacinação contra a gripe, que no primeiro momento privilegia os idosos, acontecerá de forma diferente. Depois da reportagem veiculada pelo Conexão Três Pontas que mostrou filas enormes, pessoas muito próximas, umas das outras, sem o respeito à distância de segurança contra o Coronavírus e inúmeras reclamações em nossas redes sociais, recebemos da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Três Pontas a confirmação de que aqueles com idade acima

Presidente da OAB encaminha ofício ao Procon solicitando fiscalização quanto as práticas abusivas de grande elevação de preços de álcool gel e máscaras

Diretor do Procon Intensificou varredura junto ao comércio local. O Presidente da OAB de Três Pontas, Dr. Juliano Vítor de Brito, diante do cenário de cobranças abusivas de produtos considerados essenciais (álcool gel, máscaras, luvas, termômetros, etc.) nesta época de pandemia de Coronavírus, por parte de diversos comerciantes locais, perfil igual em todo Brasil, enviou um ofício ao coordenador do Procon local, o Diretor Jorge Eugênio Mesquita Calili, no sentido de solicitar uma intensa fiscalização para coibir tal prática abusiva. O Conexão teve acesso ao documento que diz o seguinte: “Utilizo-me do presente para levar ao conhecimento de Vossa Excelência

Impactos do coronavírus sobre os contratos entre o consumidor e as Instituições de Ensino Superior

Alternativas previstas no Código de Defesa do Consumidor A pandemia causada pelo novo coronavírus (COVID-19) já é uma realidade que vem trazendo profundos impactos nas relações jurídicas. Nesse momento de instabilidade, surgem diversas perguntas no que diz respeito aos contratos, especialmente aqueles que estabelecem obrigações de trato sucessivo na seara consumerista. Dentre esses contratos estão aqueles firmados entre estudantes e instituições privadas de ensino superior. Com o intuito de minimizar os efeitos causados pela pandemia, o Ministério da Educação autorizou, por meio de portaria publicada em 18 de março no Diário Oficial da União, que as Instituições de Ensino Superior

Idosos de Três Pontas recebem vacina contra a Gripe

Vacinação fracionada e muita demora provocaram irritação em diversos pontos da cidade. Foi realizada nesta sexta-feira, (27) mais uma sub-etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. O Ministério priorizou inicialmente os idosos com mais de 60 anos. E mesmo diante do temor da pandemia de Coronavírus as doses da vacina contra a gripe (doença com alguns sintomas parecidos ao do Covid-19) não estão chegando de uma vez nos municípios, pelo contrário, estão sendo escalonadas. E o que se viu hoje em Três Pontas  foram filas e reclamações por parte dos idosos. Três Pontas recebeu cerca de 2.000 doses

Criminosos furtam empresa e causam prejuízo de mais de 12 mil reais em Três Pontas

A Polícia Militar registrou o caso. Você pode ajudar fazendo denúncia anônima ao 190. A 151ª Cia da Polícia Militar de Três Pontas registrou, na manhã desta terça-feira, 24 de março, uma ocorrência de furto. A empresa Avant Manutenções, especializada em oficina elétrica, mecânica e lanternagem, reparos de máquinas de café, entre outros, localizada na Avenida Ipiranga, no bairro Santana, foi o alvo da ação dos bandidos que causaram um prejuízo enorme, conforme nos relatou seu proprietário. De acordo com o histórico do Boletim de Ocorrência, ao qual tivemos acesso, os policiais militares foram acionados e compareceram ao estabelecimento comercial,

Secretaria de Saúde de TP abre Centro de Atendimento para pacientes com suspeita de Coronavírus

O prédio do antigo Centro Pediátrico Dr. Glimaldo Paiva, no bairro Paraíso, voltou a ser utilizado pela Secretaria Municipal de Saúde de Três Pontas. Depois de receber reparos por causa da ação constante de vandalismo (furtos), o imóvel abriga a partir desde a última terça-feira (24), profissionais de saúde para atender pacientes com problemas respiratórios, tosse, coriza e dores no corpo, sintomas que podem indicar o Coronavírus (Covid-19). O médico chefe do Pronto Atendimento Municipal (PAM) Dr. Lucas Eduardo Erbst Marques explica que a estratégia é fazer uma triagem e os casos mais graves, como falta de ar, como cólica

NOTA DE ESCLARECIMENTO

ATUALIZAÇÃO Embora a informação dos 19 casos suspeitos em Três Pontas tenha sido divulgada inicialmente por um portal de notícias confiável, que é o G1 Sul de Minas, conforme o link https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2020/03/25/sul-de-mg-segue-com-um-caso-confirmado-do-novo-coronavirus-suspeitas-sobem-para-631.ghtml, e, principalmente PUBLICADA NUMA PÁGINA OFICIAL DA SECRETARIA ESTADUAL DA SAÚDE, conforme o link https://app.powerbi.com/view?r=eyJrIjoiMDgwOGI4YjItNGFjNC00ZThkLWIyNzctMmNjZTQxMmU1ZjRhIiwidCI6Ijg3ZTRkYTJiLTgyZGYtNDhmNi05MTU3LTY5YzNjYTYwMGRmMiIsImMiOjR9. a responsável pela coleta das amostras e que faz o controle dos exames no sistema de gerenciamento, que pediu para que seu nome não fosse divulgado, negou as informações contidas tanto no G1 quanto na Secretaria Estadual de Saúde. “Esses números não são oficiais. O que temos realmente é: Casos suspeitos com coleta

SAAE EMITE NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE A QUALIDADE DA ÁGUA EM TRÊS PONTAS.

ESTUDO APONTARIA PRESENÇA DE 27 AGROTÓXICOS NA ÁGUA DOS TRESPONTANOS.

Uma reportagem amplamente divulgada em todo Brasil trouxe dados sobre a qualidade de água que deixou a população preocupada. Segundo a matéria um coquetel que mistura diferentes agrotóxicos foi encontrado na água de 1 em cada 4 cidades do Brasil entre 2014 e 2017. Nesse período, as empresas de abastecimento de 1.396 municípios detectaram todos os 27 pesticidas que são obrigados por lei a testar. Desses, 16 são classificados pela Anvisa como extremamente ou altamente tóxicos e 11 estão associados ao desenvolvimento de doenças crônicas como câncer, malformação fetal, disfunções hormonais e reprodutivas. Os dados são do Ministério da Saúde e foram obtidos e tratados em investigação conjunta da Repórter Brasil, Agência Pública e a organização suíça Public Eye. Segundo o estudo em Três Pontas foram encontrados 27 agrotóxicos na água.

As informações são parte do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), que reúne os resultados de testes feitos pelas empresas de abastecimento.

Os números revelam que a contaminação da água está aumentando a passos largos e constantes. Em 2014, 75% dos testes detectaram agrotóxicos. Subiu para 84% em 2015 e foi para 88% em 2016, chegando a 92% em 2017. Nesse ritmo, em alguns anos, pode ficar difícil encontrar água sem agrotóxico nas torneiras do país.

Embora se trate de informação pública, os testes não são divulgados de forma compreensível para a população, deixando os brasileiros no escuro sobre os riscos que correm ao beber um copo d’água. Em um esforço conjunto, a Repórter Brasil, a Agência Pública e a organização suíça Public Eye fizeram um mapa interativo com os agrotóxicos encontrados em cada cidade. O mapa revela ainda quais estão acima do limite de segurança de acordo com a lei do Brasil e pela regulação europeia, onde fica a Public Eye.

LEVANTAMENTO APONTA PRESENÇA DE AGROTÓXICOS EM ÁGUA DE 45 CIDADES DO SUL DE MINAS

Um levantamento apontou que em 45 cidades do Sul de Minas, a água que chega às estações de tratamento está contaminada por algum tipo de agrotóxico. Além disso, em sete delas, a presença de químicos está bem acima do permitido.

Segundo o levantamento, a água chega na estação de tratamento em Elói Mendes com três tipos de agrotóxicos; em Candeias, a água também está contaminada por três substâncias. Em Paraguaçu foi detectada a presenta de dois tipos de agrotóxicos. Em Bom Sucesso, Ibituruna, Carvalhos e Andradas, a água está contaminada por uma substância tóxica. Segundo o estudo em Três Pontas foram encontrados 27 agrotóxicos na água.

Os municípios são obrigados a testar 16 tipos de pesticida, 11 deles são associados a doenças crônicas como câncer, má formação fetal, disfunções hormonais e reprodutivas. Ao todo, 83 cidades de Minas Gerais apresentaram químicos na análise da água.

“A água servida à população trespontana,

atende aos padrões de potabilidade

exigidos pela legislação vigente.”

COQUETEL TÓXICO

A mistura entre os diversas químicos foi um dos pontos que mais gerou preocupação entre os especialistas ouvidos. O perigo é que a combinação de substâncias multiplique ou até mesmo gere novos efeitos. Essas reações já foram demonstradas em testes, afirma a química Cassiana Montagner.

“Mesmo que um agrotóxico não tenha efeito sobre a saúde humana, ele pode ter quando mistura com outra substância”, explica Montagner, que pesquisa a contaminação da água no Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de São Paulo. “A mistura é uma das nossas principais preocupações com os agrotóxicos na água”.

O RISCO DAS PEQUENAS QUANTIDADES

Mesmo quando se olha a contaminação de cada agrotóxico isoladamente, o quadro preocupa. Dos 27 agrotóxicos monitorados, 20 são listados como altamente perigosos pela Pesticide Action Network, grupo que reúne centenas de organizações não governamentais que trabalham para monitorar os efeitos dos agrotóxicos.

Mas, aos olhos da lei brasileira, o problema é pequeno. Apenas 0,3% de todos os casos detectados de 2014 a 2017 ultrapassaram o nível considerado seguro para cada substância. Mesmo considerando os casos em que se monitora dez agrotóxicos proibidos no Brasil, são poucas as situações em que a presença deles na água soa o alarme.

DE QUEM É A RESPONSABILIDADE?

Depois de contaminada, são poucos os tratamentos disponíveis para tirar o agrotóxico da água. “Alguns filtros são capazes de tirar alguns tipos de agrotóxicos, mas não há um que dê conta de todos esses”, afirma Melgarejo. “A água mineral vem de outras fontes, mas que são alimentadas pela água que corre na superfície, então eventualmente também serão contaminadas”.

O trabalho preventivo, ou seja, evitar que os agrotóxicos cheguem aos mananciais, deveria ser primordial, afirma Rubia Kuno, gerente da divisão de toxicologia humana e saúde ambiental da Cetesb. “O esforço deve ser na prevenção porque o sistema de tratamento convencional não é capaz de remover os agrotóxicos da água”, destaca.

É grande o debate sobre a complexidade em se enfrentar o problema, mas é difícil encontrar quem está assumindo a responsabilidade.

O Ministério da Saúde diz que a vigilância sanitária dos municípios e dos estados deve dar o alerta aos prestadores de serviços de abastecimento de água para que tomem as providências de melhoria no tratamento da água. “Caso os dados demonstrem que o problema ocorre de forma sistemática, é preciso buscar soluções a partir da articulação com os demais setores envolvidos, como órgãos de meio ambiente, prestadores de serviço e produtores rurais”, diz a nota enviada pelo órgão.

NOTA DE ESCLARECIMENTO DO SAAE E PREFEITURA MUNICIPAL DE TRÊS PONTAS

Foi noticiado por vários meios de comunicações, a reportagem “Coquetel Perigoso”, apontando que 1 a cada 4 cidades brasileiras tem água contaminada por 27 tipos de agrotóxicos, sendo uma delas a cidade de Três Pontas.

Esclarecemos que o Sistema de Abastecimento de Água e Esgoto de Três Pontas (SAAE), conta com um rigoroso controle de qualidade, monitorando a água na entrada das estações de tratamento, de acordo com a resolução CONAMA 357, Capítulo III, das Condições e Padrões de Qualidade das Águas.

Após passar por processo de tratamento nas estações, nossa água é distribuída dentro dos padrões da Portaria de Consolidação nº 5 do Ministério da Saúde, de 28 de setembro de 2017, Anexo XX, do Controle e da Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano e seu Padrão de Potabilidade, Capítulo VIII, das Disposições Finais e Transitórias.

Além do rigoroso controle de qualidade feito diariamente pelo SAAE, ainda temos o controle mensal realizado pela Vigilância Ambiental, através de laboratório credenciado do Estado de Minas Gerais.

As análises para controle de agrotóxicos são realizadas de acordo com a resolução CONAMA 357 com periodicidade trimestral, e a Portaria de Consolidação nº 5 do MS, semestral, sendo estes resultados informados à Vigilância Ambiental a qual disponibiliza os dados no SISAGUA – Sistema de Informação da Qualidade da Água para Consumo Humano.

Informamos que até o presente momento, os resultados obtidos por todas as análises realizadas para agrotóxicos nas águas distribuídas no município, estão abaixo dos valores máximos permissíveis e quantificáveis (LQ) pela legislação em vigor.

Portanto, a água servida à população trespontana, atende aos padrões de potabilidade exigidos pela legislação vigente.

Três Pontas, 22 de abril de 2019. 

 

 *Agência Pública / G1 Sul de Minas

OFERECIMENTO

Curta a página do Conexão Três Pontas no facebook

www.facebook.com/conexaotrespontas

12729255_119502638436882_132470154276352212_n

Roger Campos

Jornalista

MTB 09816

#doadorsemfronteiras

Seja Doador de Médicos sem Fronteiras

0800 941 0808

Sobre o autor

Reply

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm