LUTO: TRÊS PONTAS REGISTRA A SÉTIMA MORTE POR COVID-19

Idoso de 88 anos tinha comorbidades. Ele é o primeiro homem que falece por conta do coronavírus em Três Pontas; Outros seis óbitos envolveram mulheres. A Prefeitura Municipal de Três Pontas divulgou em sua página oficial o Boletim Epidemiológico desta segunda-feira (21) trazendo não apenas o aumento no número de contaminados e de curados, mas, infelizmente, também mais uma morte. Com o óbito de hoje o total é de sete vítimas fatais do coronavírus na cidade. O idoso de 88 anos de idade estava internado no Hospital São Francisco de Assis e sofria de hipertensão arterial e doença no coração.

Prefeitura abre inscrições para concurso com salários de quase R$ 4 mil em Nazareno

As inscrições abrem nesta segunda-feira (21) e vão até o dia 20 de outubro. A Prefeitura de Nazareno (MG) está com inscrições abertas para um concurso municipal com 13 vagas para 12 cargos. Os níveis de escolaridade vão de ensino médio incompleto até ensino superior completo. Os salários são de pouco mais de R$1 mil até quase R$ 4 mil. As oportunidades são para cargos como agente de administração, auxiliar de obras e serviços urbanos, auxiliar de serviços gerais, controlador interno, engenheiro civil, médico plantonista, motorista, pedreiro, pintor/letreiro, operador de máquinas pesadas, terapeuta ocupacional e veterinário. As provas serão realizadas

HISTÓRIAS DE VIDA: “Sá Nenê” completa 100 anos e é Homenageada pelo Conexão Três Pontas

Uma lenda, uma mulher incrível, cuja vida é pautada no amor e na fé. Centenária é muito querida na cidade de Três Pontas. O quadro Histórias de Vida, criado pelo portal Conexão Três Pontas, tem o objetivo de homenagear, em vida, pessoas de todas as classes sociais, profissões, funções ou perfis, que tenham se destacado por trabalhos relevantes ou simples, por exemplos deixados ao longo dos anos, por um legado de amizades e respeito. E hoje estamos, merecidamente, homenageando, contando um pouco da história da querida “Sá Nenê” que está celebrando 100 ANOS DE VIDA! Maria Ramos de Jesus Moreira, conhecida como

SUA CONTA DE LUZ VEIO MUITO ALTA? SAIBA COMO CHECAR O SEU CONSUMO – Gabriel Ferreira

E entenda como reclamar do valor Com a pandemia, você teve que ficar em casa como forma de evitar de ser contaminado (a) e/ou contaminar outras pessoas. Sem poder ver seus familiares, amigos e o (a) crush, como você passou seu tempo? Trabalhando em home office, navegando pela internet vendo diversos memes e vídeos, assistindo filmes e séries, zerando muitos jogos com seu videogame, etc. E com certeza você fez tudo isso durante o dia e a noite, sem parar praticamente. Passado alguns meses, você recebeu a sua última conta de luz e para sua surpresa: “A minha conta veio muito

TEMPO DA VIDA por JUAREZ ALVARENGA

Contemplar o tempo é elevar a si mesmo. Sua sabedoria contida é como uma biblioteca, com exemplares a nossa disposição. É no tempo que está nosso estigma e é com ele que construímos nossa história. A obediência ao tempo da vida chega a nos escravizar, mas é com ela que libertamos das senzalas promiscuas, como os pássaros da gaiola, a procura de conquistas inteligentes. Em toda história humana há cicatrizes que insistem em perpetuar no tempo, porém com o seu decorrer vai deteriorando lentamente. Brincar com o tempo é como a noite estrelada que brinca com o dia solar, disputando

PESADELOS E SONHOS por Nilson Lattari

E então acordamos suando frio, com aquela sensação de que ainda estamos voltando à realidade, lembrando de algo que aconteceu mas não está mais ali. Pesadelos têm vida curta e nos assustam, deixam um pressentimento, uma sensação de aviso, uma premonição. Sonhos maravilhosos também, na mesma medida nos encantam, nos embalam, e a sensação de que ele poderia ser realidade é um desejo que fica perdurando ao longo do dia. Assim como nos sonhos não podemos continuar vivendo, nos pesadelos a nossa presença não é desejada. O mundo real e o mundo irreal são assim, construídos de pesadelos e sonhos.

Começou hoje a Vacinação Antirrábica em Três Pontas; Veja os locais e horários

A Prefeitura Municipal de Três Pontas informou que começou hoje, 19 de setembro, a Campanha de Vacinação Antirrábica no município. Veja o cronograma e leve seu “pet” para receber a dose da vacina: CRONOGRAMA Dia 19 de Setembro Zona Urbana – Das 9h às 15h / Zona Rural  – Das 7h às 14h – Praça do Cruzeiro (Bairro Padre Victor); – E. M. João B. da Silva; – Quadra (Bairro Santa Edwiges). Dia 20 de Setembro Zona Urbana – Das 9h às 15h / Zona Rural – Das 7h às 14h – Praça Ana Rita (Bairro Peret); – Laticínios Cocatrel;

FESTA DE 115 ANOS DE MORTE DO BEATO PADRE VICTOR ACONTECE EM FORMATO ONLINE

Evento chega a receber cerca de 60 mil turistas por ano, mas teve que se adaptar por conta da pandemia de coronavírus. As celebrações do aniversário de morte de 115 anos do beato Padre Victor, em Três Pontas (MG), começaram no dia 14 de setembro. O evento segue até 23 de setembro e ganhou uma versão online, com celebrações presenciais apenas para moradores de Três Pontas e transmissão pela internet para os demais fiéis. Todo ano, a festa recebe cerca de 60 mil turistas por ano e agora teve que ser adaptada por conta da pandemia do coronavírus. Com isso,

Testes da vacina BCG contra Covid começam em outubro no Brasil

A Fiocruz começa agora em outubro os testes com a vacina BCG para verificar se a vacina já usada para prevenir tuberculose poderá proteger contra a Covid-19. Os primeiros testes serão feitos em 3 mil profissionais de saúde nos estados do Mato Grosso Sul e do Rio de Janeiro, em parceria com o Instituto de Pesquisa Infantil Murdoch, da Austrália. O estudo será financiado pela Fundação Bill e Melinda Gates. “Todos os voluntários passarão por exames para verificar se há ou não a presença do vírus no organismo. As pessoas aprovadas para o estudo receberão a cepa da BCG dinamarquesa.

Minas terá prioridade na compra de vacina da Covaxx

Minas vai investir cerca de R$ 30 milhões para o desenvolvimento de estudo clínico para validar a vacina UB-1612 elaborada pela Covaxx, uma unidade da United Biomedical, empresa internacional com unidades nos EUA, China e Taiwan.  A vacina terá estudos clínicos no Brasil conduzidos pelo laboratório Diagnósticos da América (Dasa). A previsão é que o protocolo de testes seja submetido à Anvisa em dezembro. A Federação das Indústrias de Minas Gerais (Fiemg) divulgou nesta segunda-feira (14) que está mobilizando recursos para o desenvolvimento da vacina. Além da federação, a Dasa, o grupo de saúde Mafra, a MRV, a Localiza Hertz e

Ipea: Inflação dos mais pobres sobe com alimentos e a dos mais ricos cai

Enquanto a taxa de inflação das famílias mais pobres apontou alta de 0,38% em agosto, a faixa de renda mais alta registrou uma deflação de 0,1% A inflação dos alimentos e a deflação dos serviços, em meio à recessão provocada pela pandemia de covid-19, levaram o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda de agosto a mostrar uma pressão inflacionária maior para as famílias mais pobres. Em agosto, enquanto a taxa de inflação das famílias mais pobres apontou alta de 0,38%, a faixa de renda mais alta registrou uma deflação de 0,1%, Ipea (informou o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) nesta segunda-feira

COVID-19 ‘do futuro’ deverá ser sazonal como outros vírus respiratórios, sugerem pesquisadores

Artigo publicado nesta terça-feira (15/9) indica que, após imunidade coletiva ser atingida, Sars-CoV-2 poderá ser mais problemática em determinadas épocas do ano Já conhecemos diversos vírus que causam mais problemas em determinadas estações do ano, como o da influenza e o vírus sincicial respiratório (RSV) no inverno ou o da parainfluenza em setembro para o Hemisfério Sul. Segundo um artigo publicado nesta terça-feira (15/9) no periódico Frontiers in Public Health, tudo indica que, no futuro, o novo coronavírus também se tornará uma doença respiratória sazonal, possivelmente trazendo mais problemas no inverno — mas isto apenas depois que a imunidade coletiva para a nova doença seja atingida por

SABATINA: Vereador “Coelho” abre o jogo no Conexão Três Pontas

MAIS SERENO, GERALDO PRADO NÃO DESCARTA SER PREFEITO DE TRÊS PONTAS.

Apesar de praticamente todos os holofotes estarem virados para a luta mundial contra a pandemia de coronavírus não podemos nos esquecer que 2020 também é ano eleitoral. E, há cerca de 3 meses do pleito, as peças já estão sendo mexidas no tabuleiro. Por isso o Conexão Três Pontas, sempre presente e reconhecido pela maciça cobertura eleitoral, inicia mais uma série de entrevistas especiais com candidatos ou com pessoas envolvidas nesse cenário, mesmo que nos bastidores. O intuito é ajudar o eleitor trespontano a se informar, a conhecer melhor os candidatos, o momento político, as pessoas que estão direta ou indiretamente envolvidas e assim, tirarem suas conclusões para um voto cada vez mais consciente, fundamentado em propostas e, acima de tudo, almejando o bem de Três Pontas e de sua brava gente.

O entrevistado de hoje é o Vereador Geraldo Prado, popularmente chamado de “Coelho”. Ele é comerciante, dono de um bar e uma conveniência. Vive sua primeira legislatura e se intitula “O vereador do Povo”. No início dos trabalhos como vereador, manteve uma postura mais contundente, mais de enfrentamento, envolvido em discussões, algumas polêmicas e um discurso “sem papas na língua” nas vezes em que fez uso da palavra durante as reuniões da Casa Legislativa. Hoje, mais tranquilo, com mais experiência, adotou uma postura mais conciliadora. “Não adianta ficarmos olhando para trás. O que importa é o que fazemos agora e o que colheremos amanhã”, ressalta o político que não fugiu da pergunta sobre um dia, se eleito, ser prefeito de Três Pontas. Acompanhe a entrevista:

Vereador Coelho, você se  definir como o vereador do povo. Uma pesquisa recente, encomendada por um grupo político, mostra que, de fato, você é, entre todos os vereadores, aquele que tem mais o nome “na boca do povo”. Isso sem você ter nenhuma bagagem política. A que se deve essa nossa constatação?

Olha Roger Campos, de fato a gente tem realizado um belo trabalho como vereador aqui em Três Pontas e eu tenho consciência do que venho fazendo, sempre procurando defender a população e cobrando do poder executivo. Além de cobrar também tenho corrido atrás de melhorias para a cidade junto dos deputados, principalmente os majoritários em Três Pontas. Eu sempre estou levando as demandas da população ao prefeito Marcelo Chaves, ao deputado Diego Andrade e ao deputado Mário Henrique Silva, o Caixa. Aquilo que é do povo tem que ser defendido e lutado. O que nós estamos fazendo aqui não é nosso, não é meu, não é do prefeito, não é de nenhum deputado, mas é do povo. De fato eu estou na frente das pesquisas segundo a MDA de acordo com a vontade do povo. É o povo quem sabe das coisas e reconhece o meu trabalho.

Antes de se tornar vereador você analisava o trabalho da Câmara Municipal de uma forma bastante crítica. E agora, enquanto o vereador, sua opinião sobre o legislativo mudou?

Realmente quando eu estava do lado de fora eu via a Câmara Municipal de uma outra forma e me perguntava se era só aquilo mesmo, se os vereadores faziam alguma coisa. E assim que cheguei como vereador verifiquei que não era nada daquilo que eu pensava. Mas quero deixar claro que eu não mudei a minha postura, que eu não tenho rabo preso com ninguém, que não há ninguém indicado por mim ocupando algum cargo na prefeitura.

No começo do seu trabalho como vereador você se envolveu em algumas polêmicas, como no caso da Guarda Municipal, batia mais de frente, tinha um discurso forte e polêmico. Hoje nota-se que a sua postura mudou. Por que isso ocorreu?

Hoje eu procuro falar menos, cobrar mais de perto, fazer mais e estar sempre do lado do povo, ouvindo seus clamores. Não adianta nada eu ficar batendo boca com o executivo, ficar discutindo e não conseguir resultados. Botei na cabeça que eu preciso ajudar a resolver os problemas do povo e é isso que eu venho fazendo. A gente não pode estar aqui dentro da Câmara Municipal só no “senta e levanta”, participar de reuniões, sem mostrar resultado para o povo. Um vereador para conseguir fazer e ter um projeto aprovado é muito difícil, principalmente porque tudo que vai se fazer gera despesas e o momento da economia, por conta da pandemia, não permite gastos e aventuras. Eu tive uma conversa com o prefeito Marcelo Chaves, disse a ele que iria parar de brigar, que não ficaria “descendo a lenha”, mais que caminharia junto em busca de resultados para a população. Eu quero respostas para o povo. E isso está dando certo, graças a Deus.

Você acredita que alguns vereadores apenas ocupem a função, sentem naquelas cadeiras, sem mostrar muito resultado? E você acha que faz o bastante, está satisfeito com o próprio desempenho?

Nenhum vereador pode ficar no cargo sem apresentar resultado, apenas esperando receber o seu salário no final do mês. Vejo que aqui na Câmara cada Vereador tem o seu jeito de trabalhar. A Câmara atual é unida, atuante e eu penso que o vereador tem que trabalhar para o povo os 30 dias de cada mês. Não apenas nos dias de reunião. Eu ando em todos os bairros, na zona rural, anoto todas as reclamações e demandas do povo e levo para as autoridades, secretários, prefeito e deputados, em busca de conquistas para a população.

Para algumas pessoas o Coelho “só tem cara de bobo”, é muito esperto. E esta também é a minha opinião. Apesar do jeito simples, aparentemente rude às vezes, agitado e polêmico, é fato que você tem caminhado, crescido politicamente tomando muito cuidado com cada passo. E qual será seu próximo passo? Pensa em ser presidente da Câmara ou formar uma chapa para concorrer à Prefeitura de Três Pontas?

Olha, a gente estando trabalhando, é o povo quem sabe. O atual presidente da Câmara, Maycon Machado, é um ótimo vereador e presidente. Dos vereadores atuais alguns já foram presidentes e fizeram grandes trabalhos. Eu não fujo da realidade, das perguntas e dos meus objetivos. Entrei na política, sei que estou fazendo um bom trabalho, estou crescendo, tenho metas e não fugirei de nada. Pode ser aqui na Câmara ou mesmo na Prefeitura. Estou aprendendo a cada dia e quero sim, futuramente, levar minha experiência e trabalho para a Prefeitura para poder servir a população. Por que não pensar em Coelho prefeito? É a população quem sabe. Eu ponho na mão de Deus e na mão do povo, para quem sabe um dia estar no executivo como prefeito de Três Pontas.

Numa provável candidatura para prefeito de Três Pontas, você acha que teria chance, já que vive seu primeiro mandato como vereador e tem pouca experiência?

Eu tô na política, vivo meu primeiro mandato, estou adquirindo experiência e o futuro a Deus pertence. Quem sabe das coisas e o povo e eu buscarei me preparar cada vez mais. O importante é fazer um trabalho honesto, correto, com a consciência tranquila, sempre em favor da população. Sempre buscando o bem comum, cumprindo as demandas e correndo atrás das melhorias. Não tenho rabo preso com ninguém, sou livre na política e penso nisso sim, num futuro. Por que não?

Como você avalia a administração do Prefeito Marcelo Chaves Garcia?

A atual administração vai muito bem, pois implantou uma série de mudanças e os resultados estão aí. Hoje nós temos em Três Pontas um prefeito que é a favor do diálogo, da união, que sabe respeitar e escutar outras pessoas. Ele não bate de frente com ninguém e não tem aquela questão de ego, de poder, de mostrar que é o prefeito de Três Pontas. Marcelo Chaves conversa com todos e claramente uniu a política na cidade, em favor da cidade. Ele tem a maioria na Câmara de Vereadores. Ele é um prefeito que chega às 7 horas da manhã, que sai às 6 horas da tarde, que anda por toda cidade, que conversa com as pessoas e que recebe todo mundo. Todos estão vendo as obras que estão acontecendo e como a cidade melhorou. Três Pontas estava parada havia bastante tempo e agora voltou a crescer. Todas as secretarias estão funcionando, o hospital, o pronto-socorro, os deputados estão unidos e mandando recursos para Três Pontas e por isso não podemos correr nenhum risco de frear esse crescimento.

Apesar de estarmos a cerca de 3 meses das eleições, verificamos que os nervos já estão aflorando, que as velhas discussões, ataques e tudo que faz parte dá da nossa politicagem, voltou a dar as caras. Como você está vendo a corrida eleitoral de 2020?

Quatro anos se passaram, restando poucos meses para eleição aquelas pessoas que estavam sumidas reaparecem e começa tudo de novo, os ataques, as mentiras, o jogo sujo da politicagem. Sempre é necessário ter oposição, mas de forma sadia. O atual governo trouxe um novo tempo para Três Pontas e não podemos andar para trás. Hoje a população não se engana mais. Esses candidatos a prefeito ou a vereador que ficam atacando os outros não terão mais espaço. Eu estou do lado do atual governo e não iremos atacar ninguém. Vamos trabalhar para o bem de Três Pontas. A população não aguenta mais os velhos ataques políticos dentro de Três Pontas.

Apesar de você elogiar bastante o atual governo, você consegue ver pontos positivos em governos passados, especificamente do ex-prefeito Paulo Luis Rabelo, provável candidato de oposição à Marcelo Chaves?

Quero deixar claro que eu não tenho nada contra candidato nenhum, nem contra o ex-prefeito Paulo Luis Rabelo. Respeito ele como cidadão, mas precisamos parar de olhar para trás. Não vou falar o que ele fez ou deixou de fazer. Nós precisamos mudar a política, olhar para frente. O que passou, passou. Eu apoio Marcelo Chaves, mas reafirmo que não peço e não tenho nenhum cargo na Prefeitura. Se eu perder a reeleição para vereador estarei fora.

Como você avalia o governador Romeu Zema e também o presidente Jair Messias Bolsonaro?

Tanto o governador de Minas Gerais quando o presidente Bolsonaro estão indo bem. Apesar de todas as dificuldades e dessa pandemia eles estão governando bem. Zema de razoável para bom. Já Bolsonaro está ótimo. Aliás, estamos precisando muito desse perfil do Bolsonaro aqui em Três Pontas. Ou seja, ele não acumula cargos políticos em Brasília e aqui precisamos fazer igual. O Marcelo Chaves cortou vários cargos e uma folha de pagamento que girava em torno de 54% hoje caiu para 46%. O orçamento de Três Pontas sempre fica com sobra, em torno de 13 milhões de reais por ano, fruto da boa administração do atual prefeito que consegue assim realizar obras importantes por toda a cidade.

Curta a página do Conexão Três Pontas no facebook

www.facebook.com/conexaotrespontas

12729255_119502638436882_132470154276352212_n

Roger Campos

Jornalista

MTB 09816

#doadorsemfronteiras

Seja Doador de Médicos sem Fronteiras

0800 941 0808

OFERECIMENTO

Sobre o autor

Reply

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm