RESUMÃO – SEMANA 3 DA LIBERTADORES

Brasileiros invictos na terceira rodada e goleadas para os mandantes Na terça-feira, alguns brasileiros entraram em campo e todos saíram com três pontos. O Atlético-MG fez 4 a 0 no Cerro Porteño no Mineirão, o Santos recebeu o The Strongest na Vila Belmiro por 5 a 0. Fora de casa, o Palmeiras fez 2 a 1 no Defensa y Justicia na Argentina e o Flamengo derrotou a LDU no Equador por 3 a 2. O Racing Club e o São Paulo duelaram no Cilindro em Avellaneda. A partida acabou em 0 a 0. Já no Beira-Rio, o Internacional aplicou 6

PREOCUPAÇÃO SOCIAL: AGROCP e Funcionários fizeram importante doação para a NOSSA Santa Casa

Muita gente tem procurado ajudar a Santa Casa de Misericórdia do Hospital São Francisco de Assis, desde pessoas físicas até diversas empresas. Se é que existe um lado positivo nesta terrível pandemia é o de fazer a sociedade enxergar que hospitais são mais importantes que os estádios e o quão valorizados e reconhecidos devem ser todos os “guerreiros” da área de saúde, desde os profissionais da limpeza aos médicos e diretores. No mês de abril muitas doações foram encaminhadas até o HSFA. E uma delas mostra, mais uma vez, toda a preocupação social da empresa AgroCP. A empresa enquanto instituição,

Olhar Social: Presidente da Câmara solicita inclusão de grupos prioritários na vacinação contra a covid e também foca na arrecadação de alimentos

O presidente da Câmara Municipal de Três Pontas, Vereador Maycon Douglas Vítor Machado, que, para da Casa Legislativa, bem como na preocupação com as questões sociais do município, encaminhou recentemente alguns ofícios ao Executivo Municipal solicitando a inclusão de grupos prioritários na vacinação contra a covid-19 em Três Pontas. O legislador também sugeriu que se fosse atrelada ao trabalho de imunização, de forma opcional, a arrecadação de alimentos para atender famílias carentes do município. No pedido feito pelo presidente Maycon Douglas Machado ao prefeito Marcelo Chaves Garcia está a inclusão dos portadores de Síndrome de Down por serem mais vulneráveis

Corpo de bombeiros usa novas tecnologias para tentar encontrar idoso desaparecido em Três Pontas 

VALDIVINO MIGUEL CORREIA DESAPARECEU NO ÚLTIMO DIA 02 DE MAIO NA REGIÃO DO QUILOMBO N. SRA. DO ROSÁRIO. O Corpo de Bombeiros de Varginha está empenhado nas buscas pelo senhor Valdivino Miguel Correia, desaparecido desde o início deste mês. O professor João Victor Mendes pediu a intervenção do deputado federal Diego Andrade no caso. O parlamentar contactou o alto comando do Cobom pedindo que empreguem todas as tecnologias com o objetivo de localizar e devolver o idoso, que sofre de alzheimer, ao convívio de sua família.   Ele tem 80 anos e é conhecido como Divino da Prata ou Divino do

Três Pontas chega a 81 mortes por covid-19 segundo Boletim Epidemiológico

Número total de casos é de 3.840 positivados. Curados já somam 3.230. A Prefeitura Municipal de Três Pontas divulgou em sua página oficial o Boletim Epidemiológico desta quarta-feira (05) trazendo não apenas o aumento no número de contaminados, mas também o número de curados. O total de óbitos subiu com a confirmação de mais duas mortes. Ao todo, desde a confirmação do primeiro caso de coronavírus em Três Pontas, onde esse primeiro caso (uma mulher com comorbidades) chegou a óbito no dia 17 de abril de 2020, a cidade já contabiliza 3.840 pessoas contaminadas pela covid-19. Desse total, 3.230 já se

Bebês, funcionária e professora são mortas em ataque a creche em Santa Catarina

Quem é o autor do ataque a creche em SC que deixou cinco mortos? Quem são as vítimas adultas? O caso ocorreu por volta das 10h desta terça-feira, quando um jovem invadiu a Escola Infantil Pró-Infância Aquarela, em Saudades, no Oeste de Santa Catarina e desferiu golpes contra adultos e crianças com um facão. De acordo com a Polícia Civil, duas crianças morreram no local e uma, após atendimento médico no hospital do município. Todas tinham menos de dois anos de idade. Também foram vítimas fatais desse ataque a professora Keli Adriane Anieceviski de 30 anos e a funcionária Mirla

Covid-19: Mais 10,9 milhões de doses de vacina foram entregues no fim de semana no país

Fiocruz disponibilizou 6,5 milhões de doses na última sexta-feira Entre esta sexta-feira (30) e o domingo (2) foram disponibilizadas no país 10,9 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. Na sexta-feira foram entregues 6,5 milhões de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), além de 420 mil da CoronaVac, parceria entre o Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac. No domingo (1º), chegaram 220 mil doses da Oxford/AstraZeneca importadas por intermédio do consórcio Covax Facility, coordenado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No domingo, uma nova remessa desse imunizante, também obtida junto ao consórcio Covax Facility,

Sul de Minas recebe mais 78 mil doses de vacinas contra a Covid-19

Doses da Astrazeneca e da Coronavac fazem parte da 15ª remessa enviada pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). O Sul de Minas recebeu mais 78.360 doses das vacinas Astrazeneca e Coronavac contra a Covid-19. As vacinas fazem parte da 15ª remessa enviada pelo Programa Nacional de Imunização (PNI). Segundo o governo de Minas, as doses começam a ser distribuídas para as regionais de saúde da região na próxima segunda-feira (3). Ao todo serão destinadas para a região 76.500 doses da Astrazeneca e outras 1.860 da Coronavac. Em todo o estado, serão distribuídas 578 mil doses da AztraZeneca e 11.800 da

CORONAVÍRUS: Mês de abril de 2021 foi o mais letal desde o início da pandemia em Três Pontas, com 24 óbitos.

CONEXÃO FAZ UM RAIO-X DAS MORTES POR COVID-19 NO MUNICÍPIO O mês de abril de 2021 foi o que mais registrou mortes por covid 19 em Três Pontas desde o início da pandemia, em março de 2020. De lá para cá, até hoje, 03 de Maio de 2021, 79 pessoas morreram em decorrência de complicações provocadas pelo coronavirus no município. É o que afirma o Boletim Epidemiológico da Prefeitura Municipal de Três Pontas. A primeira morte provocada pelo coronavirus no município, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ocorreu no dia 17 de abril de 2020, vitimando uma idosa de 72

RESUMÃO – SEMANA 2 DA LIBERTADORES por Gabriel Lemos

Terça-feira de goleadas, brasileiros vencem, com exceção do Santos que se complica na competição Os brasileiros tiveram uma semana de luxo na Libertadores. Na terça-feira o Atlético-MG derrotou o América de Cali no Mineirão, vencendo por 2 a 0, o Flamengo goleou o Unión La Calera do Chile no Rio de Janeiro por 4 a 1, o Internacional fez 4 a 0 no Deportivo Táchira no Beira-Rio e o Palmeiras fez 5 no Independiente del Valle. Nesse dia apenas o Santos jogou fora do país e perdeu por 2 a 0 para o Boca Juniors. Na quarta-feira, o Fluminense viajou

COLAPSO: Pacientes com Covid-19 lotam Enfermaria e UTI da Santa Casa de Três Pontas; Mortos sobem para 79

Número total de casos é de 3.765 positivados. Curados já somam 3.216. A Prefeitura Municipal de Três Pontas divulgou em sua página oficial o Boletim Epidemiológico desta segunda-feira (03) trazendo não apenas o aumento no número de contaminados, mas também o número de curados. O total de óbitos subiu com a confirmação de mais duas mortes. Um dos dados que mais preocupa as autoridades de saúde é a superlotação da Santa Casa de Três Pontas. UTI e Enfermaria já enfrentam colapso. Ao todo, desde a confirmação do primeiro caso de coronavírus em Três Pontas, onde esse primeiro caso (uma mulher com

Fã da sétima arte, trespontano Milton Nascimento terá sua vida contada em filme

Projeto está em estágio embrionário, mas a Gullane, responsável pela empreitada, aventa que longa pode estrear em 2023 O fã que acompanha a vida de Milton Nascimento para além da potência de sua produção musical sabe que a relação do cantor e compositor com a sétima arte não pleiteia menos que o adjetivo “visceral”. Não raro, este mineiro, trespontano de coração, cita “Jules e Jim” (1962), de François Truffaut (1932-1984), como um dos filmes basilares de sua formação cultural. As páginas biográficas dedicadas ao artista contam que foi no dia em que, junto a Marcio Borges, assistiu à produção francesa

SALA DE ENTREVISTA COM A VEREADORA MARLENE LIMA.

 Única mulher no Legislativo ela abre nossa série de entrevistas especiais.

O Conexão Três Pontas está iniciando um novo quadro, uma nova série de entrevistas chamada SALA DE ENTREVISTA, que tem um objetivo agregador, positivo e que mostre a verdade com profundidade e de um jeito diferente. Personalidades e personagens que tenham um trabalho destacado estarão sentados, sendo sabatinados, nesta Sala de Entrevista. Algumas perguntas mais diretas e objetivas chamadas de “X” da Questão dão um tom de coragem e transparência ao quadro.

E nessa primeira edição do quadro, nada melhor, diante de todo crescimento das mulheres nas mais diversas áreas, que entrevistar a única mulher no Legislativo ocupando o cargo de vereadora: Marlene Lima.

Marlene Lima é filha de Lázaro de Lima e Maria Rosa de Lima. Tem 11 irmãos, é casada com Élcio Henriques de Oliveira, mãe de 3 filhos: Marcela, Marcel e Miguel. É graduada em Matemática , pós graduada em Gerência de Empresas e Marketing. Trabalhou no INSS por 35 anos (sendo 25 deles em cargos de gerência).

Gosta de um bom jogo de truco e adora passar os finais de semana em seu rancho às margens da represa de furnas (curtir a natureza).

Conexão – Quando e por que vc resolveu entrar para a política?

Marlene Lima – Foi por meio de um convite feito pelo ex-prefeito Tadeu Mendonça quando candidato, onde o mesmo venceu a eleição e a partir daí não abandonei mais a política. Sempre acreditei que poderia um dia contribuir com a avanço de nossa cidade. Fui candidata em 4 eleições em todas elas com uma expressiva votação.

Conexão – Vivemos num mundo machista e na política não é diferente. Durante suas campanhas e agora depois de eleita, que tipo de constrangimento ou preconceito você já sentiu por ser mulher?

Marlene Lima – Realmente vivemos em um mundo machista e patriarcal, mas em nenhum momento senti preconceito por ser mulher. Acredito que quando se mantém uma postura de credibilidade, seriedade e honestidade, as pessoas passam a respeitar independente do sexo. Graças a Deus nunca me vi em situações constrangedoras, sou dona de muitas amizades sinceras e que sempre me apoiam. Onde há respeito mútuo, não há adversidade.

Conexão – Como é ser a única mulher entre os 11 vereadores? Quais as dificuldades e as vantagens?

Marlene Lima – Ser a única mulher entre eles, é um privilégio e ao mesmo tempo triste…

Deveria ter mais mulheres nessa casa representativa. Não me vanglorio em ser a única mulher, existem muitas mulheres preparadas e capazes de representar os munícipes. As mulheres devem ter mais espaço em todos os lugares (especialmente na política). Torço um dia para ver essa Câmara com 10 mulheres e apenas um homem. Não vejo vantagem e nem dificuldade em ser a única, mas apesar de ser a única, tento sempre ser a voz de todas as mulheres de Três Pontas.

Conexão – Como mulher, que comprovadamente tem mais sensibilidade, como você sente a política histórica e a atual em Três Pontas?

Marlene Lima – A política histórica por si só, reporta a uma imagem masculinizada e polarizada. Isso deve mudar! Temos observado essa mudança que mesmo sendo pequena, já é uma evolução, novos nomes surgindo e surgindo com força. Houve uma progressão nos temas: assédio, aborto, maternidade, carreira e independência da mulher, fazendo com que no espaço político, as mulheres tenham mais vez, porém no que tange a representatividade das mulheres na política, esse debate em nossa cidade ainda está distante do desejado.

Em Três Pontas há muitas mulheres à frente de cargos importantes e isso é um grande avanço. Observamos o interesse de muitas pessoas em fazer o bem e buscar a evolução e progresso da cidade. A era da tecnologia tem colaborado para que o povo tenha mais acesso e mais voz.
A política está mais acessível, os representantes estão mais acessíveis e isto também é um grande avanço. Vejo hoje um governo sensato e que tenta atender as reais necessidades e demandas do povo.

Conexão – O “X” da Questão é: Como você avalia o atual governo Bolsonaro?

Marlene Lima – Vejo um governo que busca acertar mas que muitas vezes age com impulso. Espero que o governo seja de fato um governo para todas as classes e que ouça sempre a voz do povo.

Conexão – Quais suas maiores preocupações e lutas como legítima representante do povo trespontano?

Marlene Lima – Minhas grandes preocupações são em relação ao alto número de usuários de drogas, pela saúde de qualidade, pela defesa do idoso e da mulher. Minha luta é para que todos continuem tendo uma educação de qualidade que prepare e oriente para uma boa qualidade de vida (não usar drogas, prevenção de doenças, alimentação, etc.).

Conexão – O “X” da Questão é: Já tivemos duas prefeitas em Três Pontas. Você pensa em um dia ser prefeita de Três Pontas?

Marlene Lima – Tudo depende do momento. Não tenho medo de desafios,

Conexão – Como você avalia o atual governo municipal? O Prefeito Marcelo Chaves, na sua visão, vai bem no governo da cidade?

Marlene Lima – Um governo calmo, sensato, de conversa e que tem buscado acertar.

Conexão – Você tem uma grande amizade com o colega vereador e atual Presidente da Câmara, Maycon Machado. Um jovem que tem, claramente, crescido muito no meio político e que também não descarta um dia ser prefeito de Três Pontas. Fale de sua relação com ele.

Marlene Lima – Uma amizade sincera que nasceu em 2016 e que pra mim foi o maior presente que eu poderia ganhar.  Considero esse menino/homem um filho. Vejo nele um futuro político brilhante. Participamos juntos de muitas coisas e trocamos muitas ideias (ele com a juventude e desejo de fazer e eu com a experiência e cautela de ajudá-lo e orientá-lo em momentos pessoais e políticos).

Na minha casa meus filhos o chamam de irmão e tenho certeza que tudo que já fizemos juntos e ainda faremos trarão muitas alegrias aos trespontanos. Maycon Machado é um amor que veio para ficar!

Conexão – Se você pudesse, agora, resolver três problemas graves de Três Pontas, quais seriam eles?

Marlene Lima – Desemprego, cuidado com idoso e deficiente e ainda cursos técnicos e profissionalizantes voltados às pessoas menos favorecidas.

Conexão – Encerrando este primeiro Sala de Entrevistas como você define Marlene Lima, atual e única vereadora de Três Pontas?

Marlene Lima – Forte, dedicada, honesta, sincera, mãezona, família, cautelosa, mulher de fé, técnica em tudo que faz e acima de tudo humana.

Curta a página do Conexão Três Pontas no facebook

www.facebook.com/conexaotrespontas

12729255_119502638436882_132470154276352212_n

Roger Campos

Jornalista

MTB 09816

#doadorsemfronteiras

Seja Doador de Médicos sem Fronteiras

0800 941 0808

OFERECIMENTO

Sobre o autor

Reply

shop giày nữthời trang f5Responsive WordPress Themenha cap 4 nong thongiay cao gotgiay nu 2015mau biet thu deptoc dephouse beautifulgiay the thao nugiay luoi nutạp chí phụ nữhardware resourcesshop giày lườithời trang nam hàn quốcgiày hàn quốcgiày nam 2015shop giày onlineáo sơ mi hàn quốcshop thời trang nam nữdiễn đàn người tiêu dùngdiễn đàn thời tranggiày thể thao nữ hcm